Polí­tica

A Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) do Cachoeira ouvirá nesta terça-feira o prefeito de Palmas (TO), Raul Filho, do PT.

Três senadores e três deputados apresentaram à comissão requerimentos de convocação de Raul Filho, que foram aprovados por unanimidade na última reunião, quinta-feira (5), em conjunto com diversos outros.

Os parlamentares pedem a apuração de denúncia exibida pelo programa Fantástico, da Rede Globo. A emissora exibiu um vídeo gravado pelo contraventor Carlos Cachoeira em 2004, durante a campanha que elegeu Raul pela primeira vez.

O vídeo mostra Cachoeira e Raul entrando em uma sala com assessores para uma reunião. Eles conversam por quase uma hora. O futuro prefeito fala sobre as oportunidades que poderiam ser exploradas pelo grupo de Cachoeira na capital do Tocantins, em troca de contribuições de campanha.

Os deputados que apresentaram requerimento são Rubens Bueno (PPS-PR), Paulo Teixeira (PT-SP) e Carlos Sampaio (PSDB-SP). Os senadores são Alvaro Dias (PSDB-PR), Randolfe Rodrigues (Psol-AP) e Kátia Abreu (PSD-TO).

O requerimento de Kátia Abreu é o único anterior à exibição do vídeo. Ela aponta irregularidade na contratação da empresa Delta pela Prefeitura de Palmas, em 2006, para coleta de lixo. Segundo ela, a empresa apresentou preços bem inferiores aos de mercado para vencer a licitação e depois foi aumentado o valor. Também houve irregularidades na licitação, segundo o Ministério Público.

Recesso

A reunião de terça-feira será a última destinada a depoimentos neste semestre. Na quarta-feira, a comissão não se reunirá, por ser o dia da votação do pedido de cassação do mandato do senador Demóstenes Torres (sem partido-GO) pelo Plenário do Senado. Na quinta-feira (12), a comissão realizará uma reunião administrativa. (Agência Câmara)