Estado

Foto: Clayton Cristus

Depois de quatro anos da aprovação em lei, a Fundação de Radio e TV da Assembleia Legislativa (Fundaleto) tem data prevista para entrar em atividade já para o início do mês que vem, quando as atividades parlamentares retornam após o recesso. A informação foi publicada no Diário Oficial do Estado dessa quarta-feira,18. No primeiro momento, a AL deverá remanejar servidores para atender as demandas do setor de rádio e TV até a realização de concurso público para tal.

Mesmo sendo aprovada em 2008, a Fundação de Radio e TV da Assembleia Legislativa voltou a ser discutida efetivamente só no início deste ano. De acordo com a coordenação do projeto, a meta é, a curto prazo, inserir programação no canal da TV Câmara (da Câmara Federal) até que seja viável a instauração de um canal específico para o Legislativo tocantinense.

O piloto da TV AL já funciona no parlamento desde o início do ano, depois que uma ilha de edição e câmeras foram instaladas junto ao plenário para gravar as sessões do Legislativo. A meta é organizar um quadro diversificado de programação para informar a população sobre as atividades dos deputados estaduais do Tocantins.

Implantação

Em junho deste ano, uma equipe da Assembleia Legislativa esteve em Brasília para viabilizar a implantação do sistema de rádio e TV da Casa. O Parlamento federal ficará responsável pela instalação dos equipamentos técnicos para o funcionamento e transmissão da TVAL. Já a Casa de Leis do Estado fica incumbida do custeio e da organização de conteúdo do canal.

O objetivo é que os canais de rádio e TV da Assembleia Legislativa funcionem em caráter experimental até o início de outubro deste ano e que as transmissões sejam consolidadas até o final de dezembro de 2012.