Estado

Foto: Divulgação

Depois de ser anexada à Secretaria Estadual da Indústria e Comércio, a Companhia de Mineração do Tocantins (Mineratins) sofreu troca em seu comando, conforme publicado no Diário Oficial do Estado. No lugar de Dorival de Carvalho Pinto, o titular da SIC, Paulo Massuia, responderá como presidente da companhia.

Até semana passada, a Mineratins era uma empresa que pertencia ao segundo escalão da administração do governo e tinha gestão própria e sede distinta. Após a mudança, a companhia, juntamente com a Agência de Turismo do Tocantins (Adtur) foram integradas à Secretaria de Indústria e Comércio.

A agência de Turismo, à exemplo da companhia mineradora, também sofreu troca em sua diretoria, mas ainda continua a ter uma presidência distinta da gestão da Pasta. Na presidência da agência de turismo, a nova presidente é Nazareth Martins de Souza que assumiu o cargo no lugar de Lúcio Flavo Marini Adorno. A presidente da Adtur integra a equipe do governo que vai à Londres participar de evento de divulgação do Brasil.

Desestatização

A Companhia de Mineração do Estado recentemente virou alvo de um grupo de estudos recém criado pelo governo para analisar a possibilidade de privatização, conforme apurado pelo Conexão Tocantins na última semana. De acordo com a Secretaria de Relações Institucionais, o grupo irá avaliar a viabilidade de manter a empresa estatal, ou se transfere as ações da Mineratins para a iniciativa privada.

Além da Mineratins, o governo ainda estuda a possibilidade de alienação das ações que possui junto à Companhia de Saneamento do Estado, a Saneatins.