Polí­tica

A Assembleia Legislativa do Tocantins irá votar nesta terça-feira, 24, às 9 horas da manhã, em sessão extraordinária, projetos de lei ligados aos servidores da Saúde. Entre eles, a Gratificação pelo Exercício de Atividade no Interior do Estado (GRIN), a Gratificação de Exercício de Atividade no Sistema de Regulação (GESR) do Estado, e o que institui a Gratificação de Urgência e Emergência (GUEM), UTI e Unidade Neonatal. A definição desses projetos aconteceu na última quinta-feira, 19, durante uma reunião entre o governo e sindicatos da categoria.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Profissionais da Enfermagem do Estado do Tocantins – SEET, Ismael Sabino da Luz, a aprovação desses projetos por parte dos deputados marca um avanço das lutas do Sindicato da Enfermagem.

“A gente avalia como resultado do nosso trabalho. Faz tempo que identificamos essas falhas e esperamos agora que a Assembleia cumpra o seu papel, que é de estar do lado dos direitos dos trabalhadores. Estamos confiantes!”, comentou o presidente Ismael.

Também ficaram acertados entre o Seet e o governo os pagamentos retroativos desde fevereiro de 2012 das gratificações, e que os servidores de contratos especiais também irão receberão o benefício. O benefício será estendido aos profissionais que trabalham nos hospitais regionais de Gurupi, Araguaina, Paraíso do Tocantins, Porto Nacional, Miracema do Tocantins, Maternidade Dona Regina, HGP e Hospital Infantil de Palmas.

“Conforme havíamos denunciado, esse pagamento está em atraso desde o início do ano. Tomara que tudo fique certo a partir de agora”, concluiu o presidente.