Campo

Foto: Divulgação

A Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) realizará de 1° de agosto a 15 de setembro a vacinação contra a febre aftosa na Ilha do Bananal. Por causa de fatores climáticos e pelo local abrigar uma reserva indígena a vacinação na Ilha é realizada em uma única etapa, que ocorre todos os anos no período de estiagem.

Apesar disto, de acordo com o diretor de Defesa Animal da Adapec, João Eduardo Pinto Pires, quem desejar retirar os animais do local deve vacinar o gado duas vezes. “As vacinas dos animais para a imunização do rebanho dos indígenas serão custeadas pelo Governo do Estado, já os demais produtores serão responsáveis pelas doses do seu rebanho. A aplicação será realizada pelos técnicos da Adapec”.

No total, cerca 50 mil bovinos, independente da faixa etária, devem ser imunizados, e pelo menos 150 retiros devem ser visitados. Depois de vacinar é necessário comprovar o procedimento.

Para o presidente da Adapec, Marcelo Aguiar Inocente, esta ação tem como objetivo contribuir para a manutenção do status sanitário do Tocantins, livre de febre aftosa com vacinação. “O nosso compromisso é preservar a sanidade do rebanho do Tocantins. Agora, contamos com o apoio dos produtores para alcançarmos índices positivos,” destacou.

Em 2011, 49 mil animais foram vacinados e 210 retiros receberam a visita dos profissionais da Adapec.

Ilha do Bananal

Localizada na região sudoeste do Tocantins, cercada pelos rios Araguaia e Javaés, a Ilha do Bananal é a maior ilha fluvial do mundo, com uma área aproximada de dois milhões de hectares.

A imunização do rebanho existente na Ilha, abrange uma área composta pelos municípios de Araguaçu, Formoso do Araguaia, Sandolândia, Pium, Caseara, Cristalândia e Lagoa da Confusão.Este regime especial de vacinação existe há 12 anos, e foi autorizado pelo Ministério da Agricultura. (Ascom Adapec)