Polí­tica

Foto: Divulgação

Vai ao ar logo mais à noite, o programa Brasil em Debate, da TV Câmara, com a participação da deputada federal Dorinha Seabra Rezende (DEM-TO). O programa tratou da reformulação do ensino médio, assunto que está sendo tratado em uma comissão especial da qual a parlamentar faz parte. Também participou do debate o deputado Raul Henry (PMDB-PE).

No programa, Dorinha afirma que o ensino médio público brasileiro vive uma crise advinda do ensino fundamental e da falta de formação adequada do professor. “Pesquisas apontaram que o aluno do ensino médio da escola pública sabe menos que o estudante do ensino fundamental da rede privada. As recentes notas do Ideb mostraram que o ensino médio está estagnado. Falta uma reorganização do sistema, para que essa área possa ter uma identidade, com uma grade curricular adequada que motive o aluno”, afirmou.

Além disso, Dorinha pontuou que a forma de ensino e o conteúdo passado nas escolas não prepara o estudante para o mercado de trabalho e para o vestibular e essa falha está diretamente ligada à formação do professor.

“A formação do professor não é para a escola real. É preciso fazer um enfrentamento em relação à questão das universidades, pois não delas que estão saindo a maioria dos professores. As universidades federais pouco atuam nesse quesito e o Ministério da Educação tem instrumentos regulatórios para isso. Além da necessidade de tornar a carreira docente mais atrativa, o currículo precisa ser redefinido, pois o professor precisa ser melhor preparado para repassar o conteúdo a ser aprendido”, disse.

O programa será exibido às 22h30, e neste sábado às 7 horas.