Polí­tica

Foto: Divulgação

O deputado estadual Wanderlei Barbosa (PEN) definiu a inauguração de mais um comitê da coligação “Um novo Caminho é possível”, em Taquaralto, região Sul de Palmas, como “uma manifestação pública de apoio à grande mudança que Palmas espera”. O evento foi realizado na noite desta última quinta-feira, 30, e reuniu líderes comunitários, religiosos, representantes de movimentos sociais e populares que lotaram a rua em frente ao comitê para manifestaram apoio ao candidato a prefeito Carlos Amastha (PP) e a seu vice, deputado Sargento Aragão (PPS).

O deputado Wanderlei Barbosa, que assumiu o novo espaço, citou em seu discurso o crescimento de Amastha nas intenções de voto do eleitorado palmense. “Não são votos de protesto, mas sim votos conscientes de pessoas que não aguentam mais os mesmos grupos e as mesmas famílias no poder”. E completou: “na gestão de Amastha e Aragão todos terão o mesmo tratamento, a região Sul não continuará esquecida. Eles são a verdadeira mudança, vamos juntos rumo à vitória”.

Em seu discurso, Carlos Amastha ressaltou que tem ao seu lado o apoio que precisa. “Nessa caminhada tenho ao meu lado apenas três partidos e dois deputados atuantes de postura oposicionista que não se calam diante de irregularidades, que são o meu vice, Sargento Aragão e o grande companheiro Wanderlei Barbosa. Não temos nenhum peso político, e sim os mais sérios políticos tocantinenses”. E completou: “esse projeto não seria possível se o Aragão não estivesse conosco”.

Amastha ainda comentou a Pesquisa Ibope (00083/2012), divulgada ontem (30), na qual figura com 26% das intenções de votos. “É resultado dessa caminhada leve e tranquila que estamos realizando, mostrando aos palmenses que eles têm uma terceira via séria, que é comprometida com Palmas”, disse.

O servidor público Perques Leonel, participou do evento e destacou, “conheço o deputado Wanderlei sei que ele é um homem sério e que está apoiando o Amastha por que confia no seu projeto. Agora Palmas tem uma opção de verdade para mudar a nossa cidade”, concluiu. (Assessoria de Imprensa)