Polí­tica

Através de nota de esclarecimento a coligação “Um Novo Caminho é Possível” de Carlos Amastha (PP) esclareceu que não está disputando apoio de mototaxistas da capital e do Sindicato dos Trabalhadores Condutores de Veículos de Duas Rodas de Palmas, que representa a categoria. O sindicato declarou apoio a Amastha mas depois o presidente se reuniu com o candidato Marcelo Lelis (PV).

 Questionado pelo Conexão Tocantins sobre o apoio da categoria o vice-presidente do Sindiciclo informou nesta quarta-feira, 26, que a maioria dos 250 mototaxistas da capital apoia Amastha mas que vários representantes apoiam Lelis.

Ao fazer o esclarecimento, a coligação de Amastha disse ainda que realiza uma campanha limpa respeitando o eleitor palmense. Sem citar nomes o candidato pepista ressalta também que não pactua com nenhuma ação de intimidação e reafirma que "vivemos em um país democrático, onde paira o sentimento de liberdade e onde o cidadão pode exercer com tranqüilidade o seu direito de escolher seus representantes, que é a maior conquista da sociedade".

Veja a íntegra da nota:

NOTA DE ESCLARECIMENTO O candidato da coligação “Um Novo Caminho é Possível”, Carlos Amastha (PP) fica feliz e agradece todas as manifestações de apoio que vem recebendo, entretanto, lamenta com muito pesar o que está acompanhando na imprensa sobre atitudes que não condizem com o seu caráter e sua postura. Amastha esclarece que ele e toda a sua coligação não estão disputando o apoio de dirigentes do SINDICICLO- Sindicato dos Trabalhadores Condutores de Veículos de Duas Rodas de Palmas, que representa a categoria dos mototaxistas, pois o voto é uma questão de consciência e cabe a cada um escolher o seu candidato. O candidato reafirma que não participa desse processo eleitoral disputando apoio ou voto, mas realiza uma campanha limpa, que respeita o eleitor palmense e que apresenta propostas de melhorias para todas as categorias. Amastha ressalta que não pactua com nenhuma ação de intimidação e reafirma que "vivemos em um país democrático, onde paira o sentimento de liberdade e onde o cidadão pode exercer com tranqüilidade o seu direito de escolher seus representantes, que é a maior conquista da sociedade".

Por: Redação

Tags: Carlos Amastha, Eleições 2012, Sindiciclo