Polí­tica

Foto: Divulgação

A senadora Kátia Abreu protocolou ontem, na Justiça Eleitoral de Palmas, 29ª Zona Eleitoral, sob o número 50133/2012, noticia crime, com pedido de apuração, inclusive da Polícia Federal, de autoria de emails encaminhados com a utilização de seu nome, em que faria acusações caluniosas, difamatórias e injuriosas ao governador Siqueira Campos e ao secretário de Estado, Eduardo Siqueira Campos.

Com o título,“Como Siqueira Campos roubou mais de 1 bilhão em apenas um ano e meio”, o email foi encaminhado a uma série de endereços eletrônicos no dia 1º de outubro, segunda-feira, tendo como emitente KatiaAbreu<akatia450@gmail.com, endereço eletrônico que, segundo sua assessoria de imprensa, não é da senadora, “com a nítida intenção de fazer as pessoas pensarem que se tratava de mensagem encaminhada pela parlamentar que exerce a coordenação da campanha do candidato a prefeitura de Palmas, Marcelo Lélis”.

Na mensagem, ainda se fazendo passar pela senadora Kátia Abreu, o internauta conclama os eleitores a não votarem nos candidatos apoiados por Siqueira Campos e Eduardo Siqueira Campos.

A notícia crime foi protocolada no final da tarde de terça, 2, pelos advogados  Juvenal Klayber e Solano Donato, que assinam a petição. "Este ato se trata de manobra espúria própria do período eleitoral apenas para tentar prejudicar o candidato Marcelo Lélis, do qual sou apoiadora e tenho orgulho de estar colaborando com sua campanha", disse a senadora Kátia Abreu na manhã desta quarta, 3 de outubro. (Ascom Kátia Abreu)