Saúde

Foto: Divulgação

A Anvisa – Agencia Nacional de Vigilância Sanitária e a VISA/TO – Vigilância Sanitária do Tocantins interditaram na tarde desta segunda-feira, 08, a farmácia de manipulação Attiva, localizada na 106 sul, nº08, por fabricação e venda de medicamento clandestino.

Desde 2005 a Anvisa e o MS – Ministério da Saúde investiga uma rede nacional de distribuição de medicamentos fitoterápicos sem registro.

Há cerca de duas semanas foi registrado um óbito e a internação de um paciente em estado grave por consumo do medicamento Harp100. Ambos os casos foram registrados em São Paulo. Após fiscalização a Anvisa localizou cerca de 440 frascos desse medicamento, todos  apresentavam nota fiscal da farmácia de manipulação em Palmas.

Diante do fato a Anvisa enviou equipe à Palmas para juntamente com a VISA/TO desencadear a interdição da farmácia e também de um deposito clandestino, localizado na 812 Sul, Al. 04, Lote 10. (Com informações da Assessoria)

Por: Redação

Tags: Anvisa, Vigilância Sanitária