Estado

Foto: Divulgação

O presidente da ATS – Agência Tocantinense de Saneamento, Edmundo Galdino, reuniu-se na manhã desta quarta-feira, dia 20, em seu gabinete, com o presidente da Saneatins, Mário Amaro e o superintendente da Funasa no Tocantins, Onofre Marques, para um balanço geral quanto ao andamento dos projetos de esgotamento sanitário, abastecimento de água, drenagem e manejo integrado dos resíduos sólidos. Também participaram da reunião engenheiros e técnicos da Agência.

Mário Amaro informou que, referente ao sistema de esgotamento sanitário, existem 40 projetos em condições de serem enviados para pleitear recursos federais. “O trabalho só não avançou mais por falta de colaboração dos municípios”, explica Amaro.

A ATS e a Saneatins também estão apoiando os municípios na elaboração dos projetos para execução dos planos municipais de resíduos sólidos. Até agora 53 municípios foram visitados.  A previsão é concluir as visitas aos 78 municípios até 25 de outubro.

Os projetos vão pleitear recursos de emendas de bancada e recursos da Funasa. Na ocasião, o superintendente Onofre Marques lembrou que o Estado tem perdido recursos por falta de projetos. Aliás, essa é uma preocupação do presidente da ATS ao realizar a reunião para verificar o andamento dos projetos. “Estabelecemos prazo para que as pendências sejam sanadas e o trabalho concluído”, sintetizou Edmundo Galdino.(Com informações da Assessoria)