Polí­tica

O suplente do senador Vicentinho Alves, João Costa (PPL) que deve assumir nesta terça-feira, 16, a vaga do republicano afirmou ao Conexão Tocantins que não pretende ser oposição ao governador Siqueira Campos (PSDB). “Quero ser imparcial, um representante à altura do que o Tocantins merece”, frisou.

Costa aguarda ainda a convocação do Senado para assumir a vaga mas já está em Brasília. “Eu vou representar o Tocantins preciso agir como representante do Tocantins e um representante verdadeiro não pode ser nem oposição nem situação”, salientou. Costa já foi aliado de primeira hora do governador mas deixou a Secretaria Estadual de Segurança Pública no calor de polêmicas e críticas à atual gestão estadual.

Sobre a relação com o governador ele salientou que isso é uma questão menor. “Vou relevar tudo. Representando o povo tocantinense a melhor opção é ajudar o Tocantins em tudo o que precisar”, disse. O suplente diz desconhecer boatos de que o governador não teria gostado da licença de Vicentinho para que ele tivesse oportunidade de assumir.

O suplente mencionou ainda que tem planos para o tempo que ficará na vaga de Vicentinho. João Costa, que é advogado, pretende contribuir nas discussões sobre o novo código penal e também no orçamento da União.

Vicentinho, segundo informou sua assessoria, deve ficar afastado por quatro meses para cuidar de assuntos pessoais.