Esporte

Foto: Ricardo Nogueira Zagueiro do Atlético sofreu trauma na cabeça durante a partida Zagueiro do Atlético sofreu trauma na cabeça durante a partida

O Santos foi avassalador no início da partida contra o Atlético-MG, mas apenas empatou por 2 a 2 nesta quarta-feira, na Vila Belmiro, em jogo válido pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. A equipe santista abriu o placar com Miralles aos 18 segundos, ampliou com um gol de placa de Neymar aos 11 minutos, mas permitiu o empate ainda no primeiro tempo. Bernard e Jô marcaram os gols da equipe mineira.

Neymar, que defendeu a seleção brasileira em amistosos na Europa, viajou 12 horas na madrugada desta quarta-feira e descansou durante à tarde, no CT Rei Pelé, antes de entrar em campo e brilhar mais uma vez pelo Santos,

O craque santista completou 200 jogos com a camisa santista e recebeu uma placa do presidente Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro no gramado da Vila Belmiro. Atuando com a camisa 200, Neymar arrancou os aplausos da torcida ao driblar três marcadores e fazer mais uma golaço na Vila.

A partida ficou paralisada por cerca de onze minutos devido ao atendimento no gramado ao zagueiro Rafael Marques, que sofreu uma pancada na cabeça e ficou desacordado. A ambulância não conseguiu entrar em campo por causa de um degrau de aproximadamente meio metro. O atleta foi levado na maca até a ambulância.

Com o empate, o Atlético soma 60 pontos e fica a nove do líder Fluminense. Já o Santos vê o sonho de disputar a Copa Libertadores 2013 mais distante, já que ocupa a nona colocação, com 42 pontos.

Na próxima rodada, o Santos enfrenta a Ponte Preta no próximo domingo, em Campinas. Já o time mineiro enfrenta o Fluminense, no estádio Independência, em Belo Horizonte.

O esquema com três volantes do técnico Muricy Ramalho, que levou o time a duas vitórias nas últimas duas rodadas parecia ser infalível com o reforço de Neymar. Com apenas 18 segundos, em troca de passes rápidos, Miralles abriu o marcador.

Se não bastasse, a habilidade de Neymar fez a diferença novamente. O craque santista fez um gol de placa ao driblar três marcadores – com direito a colocar a bola entre as pernas do adversário, mesmo estando de costas para o jogador, antes de arrancar em direção ao gol de Victor para fazer o segundo do Santos.

No entanto, a equipe santista permitiu o empate ainda no primeiro tempo após falhas do sistema defensivo. O baixinho Bernard marcou de cabeça após cruzamento de Serginho, e Jô empatou na saída de Rafael.

No segundo tempo, a partida começou mais equilibrada. O Atlético-MG optava por atuar nos contra-ataques, enquanto o Santos utilizava a velocidade de Neymar e Miralles. Porém, a equipe santista só conseguiu assustar em bolas paradas – cobranças de faltas e escanteio. Miralles ainda acertou um forte chute dentro da área, mas a bola bateu na rede do lado de fora. Assim, o jogo terminou empatado por 2 a 2. (Fonte: UOL)