Polí­tica

Foto: Divulgação

Está marcada para esta quinta-feira, 25, a reunião da executiva do Partido dos Trabalhadores que vai deliberar sobre o pedido de expulsão contra o prefeito de Palmas, Raul Filho. O encontro será a partir das 19 horas e será conduzido pelo presidente regional Donizeti Nogueira.

É a segunda vez que Raul é alvo de um pedido de expulsão na sigla. O petista afirmou ao Conexão Tocantins que está tranquilo e irá até a última instância da legenda para permanecer.

O prefeito disse também que solicitou ao presidente Donizeti que o partido informasse o nome dos membros que entraram com o pedido de expulsão. Raul Filho sugeriu ainda que tenha algum desafeto político por trás do pedido.

Os dez membros que ingressaram com o pedido apontaram como motivo para uma possível expulsão do petista o suposto envolvimento de Raul com o contraventor Carlos Cachoeira.