Polí­tica

Foto: Divulgação Walter Balestra pode ser indicado para a Saúde Walter Balestra pode ser indicado para a Saúde

O PCdoB de Palmas prepara uma lista com nomes para apresentar ao prefeito eleito de Palmas, Carlos Amastha (PP). As sugestões, segundo informou o presidente do diretório municipal da legenda Milton Rocha ao Conexão Tocantins foram acordadas com Amastha após conversa com o pepista. Será encaminhado para a equipe de Amastha alguns nomes e perfis técnicos. A lista será entregue ainda esta semana quando o prefeito retornar de viagem internacional.

“Já conversamos com ele e agora vamos nos reunir para definir os nomes”, frisou o presidente. Um dos nomes que deve ser indicado na lista é o do médico Walter Balestra que concorreu a uma vaga na Câmara pelo partido. “O Balestra tem muito trabalho prestado em palmas. Não está descartado nós indicarmos o nome do Balestra para a Saúde”, disse.

O presidente salientou porém que embora a participação do partido na próxima gestão esteja garantida a prerrogativa de acatar as indicações é do prefeito eleito. “É o prefeito que tem a prerrogativa de escolher, ele quer uma gestão técnica”, disse.

Além do PCdoB o deputado estadual Wanderlei Barbosa (PEN), conforme adiantou o Conexão Tocantins, vai indicar o nome para a Subprefeitura da região Sul. O vice-prefeito eleito e deputado estadual Sargento Aragão (PPS) também poderá sugerir alguns nomes para a nova administração. Aragão já confirmou ao Conexão Tocantins que pretende propor a criação das Secretarias de Defesa Social e de Defesa Civil.

Amastha terá na sua gestão 14 secretarias e cinco autarquias. Começam esta semana as definições da nomenclatura das pastas e da equipe que vai compor a gestão.

Já foram anunciados os nomes de Thiago Andrino que será secretário de Governo, José Roberto Gomes será o procurador geral do Município, José Mamedio será o titular da Secretaria da Inclusão Social; Raquel Oliveira vai estar à frente da  Secretaria de Comunicação.  Também estarão na equipe o coordenador da equipe de transição, Adir Gentil e o ex-secretário estadual Luiz Carlos Borges da Silveira. O titular da pasta da Assistência Social será escolhido pela futura primeira-dama Glô Amastha dentre lideranças comunitárias e pessoas ligadas à área na capital.