Cultura

Foto: Divulgação

A peça Dias Difíceis Dentro da Dor do Desencontro ganhou o prêmio Myrian Muniz 2012, para circular pelo Brasil a partir de 2013. O espetáculo é dirigido pela coordenadora de cultura do Sesc, Ana Isabel Friedlander, e tem no elenco os atores Kaká Nogueira, Bell Gama e Caio Brettas.
 

“É uma honra muito grande”, comenta Ana Isabel. “Esse é um prêmio de âmbito nacional de circulação de espetáculos e vai levar a nossa peça a outras cidades brasileiras”, completa.
 

O Prêmio Funarte de Teatro Myriam Muniz contemplou 131 projetos, em duas categorias: Circulação de espetáculos e Montagem de espetáculos e/ou manutenção de atividades teatrais de grupos e companhias, com premiações que variam de R$ 50 mil a R$ 150 mil.
 

Diretora

Ana Isabel Friedlander é formada em Comunicação Social, com habilitação em Cinema pela Fundação Armando Álvares Penteado - FAAP - São Paulo e especialista em Artes Cênicas pela Faculdade São Judas Tadeu. Trabalhou durante cinco anos com comédias em bares de São Paulo (SP) e dirigiu mais de dez espetáculo teatrais, como "Torrenegra", comédia de dramaturgo brasileiro, montado em 2010. A circulação de Torrenegra contou com apoio do Banco da Amazônia.
 

Ganhou prêmios de melhor espetáculo, direção e iluminação em festivais e mostras de artes Cênicas de Guarulhos (SP), inclusive com apresentações do espetáculo Torrenegra, que também esteve no Festival Internacional de Curitiba, em 2010. Também dirigiu e atuou em filmes em São Paulo e Guarulhos. Atualmente, Ana Isabel é coordenadora de cultura no Sesc Tocantins.
 

Dias Difíceis
 

A peça, dirigida por Ana Isabel Friedlander, tem texto de Renato Costa, iluminação de Lúcio de Miranda, objetos de cena de Marina Boaventura e Renatto Moura, Jhon Weiner de Castro como técnico de luz e produção da Cia Cenaberta – Núcleo Cenaberta de Produções Culturais.
 

O espetáculo é uma comédia leve que faz um tributo à amizade. O texto, que remete o público a um ambiente de deserto, mostra um casal de bandidos e trapaceiros muito mal sucedidos, incompetentes na “profissão”. O casal entra em uma discussão sobre qual é o caminho certo, o destino daquela parceria formada, que, talvez seja a causa de suas inúmeras tentativas desastrosas de se obter renda e aventura. A amizade é vista como um obstáculo, mas, ao mesmo tempo a única coisa valiosa que ambos adquiriram ao longo da vida.