Polí­tica

Foto: Divulgação

O perfeito eleito de Porto Nacional, Otoniel Andrade (PSDB) está conduzindo a transição da administração da cidade e confirmou ao Conexão Tocantins que tem a intenção de diminuir em 48% os servidores comissionados da cidade. “Nós temos 2.300 servidores e vamos precisar de no máximo 1200”, alegou. O tucano mencionou que deve extinguir mais de 300 cargos comissionados.

Na nova estrutura administrativa que vai adotar para a cidade, Otoniel pretende reduzir o número de secretarias mas disse que vai oficializar as alterações apenas após o Natal.

Com relação aos auxiliares de primeiro escalão que devem compor sua equipe de governo, Otoniel salientou que está sondando com os aliados políticos as nomeações. “Vamos diminuir a máquina para sobrar recursos para investir no município”, disse.

Luzimangues

O município foi alvo de muitos questionamentos com relação à assistência ao distrito de Luzimangues, que pertence a Porto Nacional. Lideranças comunitárias do distrito cobram mais atenção e assistência por parte de Porto Nacional e para atender as reivindicações o prefeito eleito pretende estruturar no mês de janeiro a instalação de uma subprefeitura no local. “Vamos instalar a subprefeitura e fazer uma coleta de lixo permanente além de ações que vão mudar o tratamento da gestão com Luzimangues”, relatou. Atualmente a coleta de lixo, por exemplo, é feita a cada três dias.