Estado

Foto: Divulgação Mapa da corrupção do TO aponta gestores investigados pela justiça Mapa da corrupção do TO aponta gestores investigados pela justiça

O Dia Internacional contra a Corrupção será comemorado em conjunto pelos órgãos e entidades que atuam no controle e na fiscalização de recursos públicos no Tocantins, em evento que acontece no próximo domingo, 9, a partir das 14h, no Capim Dourado Shopping Center, em Palmas. No local, será exposta, em estandes, uma mostra dos trabalhos que vêm sendo desenvolvidos por cada instituição na área de combate à corrupção.

O evento é promovido pelo Fórum Tocantinense de Combate à Corrupção (Focco), um canal permanente de colaboração integrado pelo Ministério Público Estadual, Ministério Público Federal, Tribunal de Contas do Estado, Tribunal de Contas da União, Controladoria-Geral do Estado, Controladoria-Geral da União, Polícia Federal, Receita Federal, Defensoria Pública do Estado, Defensoria Pública da União e Advocacia Geral da União, além das instituições financeiras federais: Banco do Brasil e Caixa Econômica.

A intenção das instituições é apresentar ao cidadão as atividades desenvolvidas por elas, de modo que os tocantinenses tenham um conhecimento global sobre o trabalho que vem sendo realizado em favor da correta aplicação dos recursos públicos e saibam a qual órgão se dirigir em caso de denúncias.

No caso do Ministério Público Estadual, ao apresentar seu trabalho na exposição, será destacada a “Geografia da Corrupção”, que apresenta as 140 ações civis públicas por ato de improbidade administrativa e as 86 denúncias criminais que têm como alvo prefeitos de 80 municípios tocantinenses, ajuizadas entre os anos de 2009 e 2012.

Dia Internacional

A data 9 de dezembro foi estabelecida como Dia Internacional contra a Corrupção durante Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), realizada em outubro de 2003.

Focco

O Fórum Tocantinense de Combate à Corrupção (Focco) é um canal permanente de aproximação e auxílio mútuo entre as instituições que atuam no combate à corrupção. O objetivo é viabilizar ações de fiscalização e a cooperação conjunta para estruturação, assegurando a proteção do patrimônio público e a defesa da probidade administrativa. (Ascom MPE)