Educação

Foto: Divulgação

Com o título “O que 6 escolas pobres do Brasil fizeram para ter desempenho de País desenvolvido”, o site da revista Exame mostra em destaque como as escolas, distribuídas em 5 regiões do País, conseguiram o feito de fazer com que alunos de áreas carentes, com pais de pouca instrução, tivessem desempenho a altura de alunos de nações desenvolvidas.

A Exame destaca na região norte do Brasil a Escola Municipal Beatriz Rodrigues da Silva, em Palmas (TO), que em 2011 alcançou a nota 8 no Ideb, uma evolução em relação à nota 4,7 alcançada em 2007.

O que a escola fez

A Exame informa que a unidade escolar da capital do Tocantins se preocupa com estímulos adicionais para os alunos: atividades extracurriculares, como práticas de esporte e leitura, além de atividades para a socialização dos alunos, como festas e apresentações estudantis.

Segundo a Exame isso ajuda a criar na escola um clima agradável. A criação de um bom clima escolar, ausente em muitas unidades de ensino do país, está ligado a um desempenho superior da classe estudantil, afirma a publicação.

A escola localiza-se na quadra 405 Norte e encerrou o ano letivo de 2012 com 765 alunos de 2º ao 9º ano do ensino fundamental. A unidade tem como diretora a professora Maria de Fátima P. Sena e Silva.

Médias da escola

Alunos que sabem Português: 93%

Alunos que sabem Matemática: 92%

Média do Brasil: 37% (Português) e 33% (Matemática)