Campo

Foto: Joatan Silva

Os mais de 150 híbridos de abacaxizeiros do projeto de experimento na Fazenda Roncador, em Tocantínia, por técnicos da Secretaria da Agricultura, da Pecuária e do Desenvolvimento Agrário (Seagro), foram entregues no Laboratório de Análise de Alimentos da Universidade Federal do Tocantins (UFT), na manhã desta quarta-feira, dia 23, para análise de avaliação e caracteres do fruto. A colheita foi realizada nesta última terça-feira, dia 22. Neste ensaio, estão sendo desenvolvidos seis novos híbridos comparando com três variedades: o pérola (tradicional), smooth cayenne (havaiano) e o BRS Imperial (desenvolvido pela Embrapa).

O objetivo da pesquisa é testar os híbridos para desenvolver uma nova variedade para o Tocantins, mais resistentes a doenças, principalmente a fusariose. Para o coordenador de Desenvolvimento Vegetal da Seagro, José Américo Vasconcelos, o estudo beneficiará principalmente os produtores do fruto no Estado, pois irá mostrar a viabilidade de novas variedades. “O produtor terá outras possibilidades, com híbridos mais resistentes e de qualidade e sabor comparado ao pérola, variedade que destaca a produção tocantinense em todo País”, completou.

Vasconcelos lembra que em dezembro foi realizada a colheita das folhas “D”, que foi analisada por pesquisadores da Faculdade Católica, em Palmas. Já nesta etapa de análise, sob a responsabilidade do professor da UFT, Aroldo Pinedo, serão executados mais de 15 procedimentos, desde o peso do fruto e da coroa, cumprimento e diâmetro do fruto, forma, cor externa e da polpa, regularidade das espirais, brix e acidez.  

A última fase de estudo será realizada pelo pesquisador de melhoramento genético de Abacaxi da Embrapa- BA, Davi Theodoro Junghans, que fará a relação da folha ‘D’ com o tamanho final do fruto. “Concluindo assim o ensaio, que deverá ocorrer ainda neste semestre”, completou,

Parceiros

O estudo está sendo realizado em parceria com a Embrapa – Empresa Brasileira de Pesquisas Agropecuárias – Mandioca e Fruticultura de Cruz das Almas – BA e Mapa – Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. (Ascom Seagro)