Polí­tica

Foto: Divulgação

Os senadores pelo Tocantins, João Costa Ribeiro Filho (PPL) e Vicentinho Alves (PR), e o senador pelo Pará, Flexa Ribeiro (PSDB), uniram forças para trabalhar pelos dois estados da região norte do País. Nesta terça, 5, acompanhados dos prefeitos Otoniel Andrade (PSDB), de Porto Nacional -TO, e Vanderlei Coimbra (PRP), de Redenção - PA, pleitearam junto ao ministro Wagner Bitencourt uma série de obras necessárias para garantir a operacionalização dos aeroportos das duas cidades.

Para os senadores, o posicionamento estratégico destes polos é importante para o Brasil. São unidades aeroportuárias de fundamental importância para o desenvolvimento do Pará e do Tocantins.

O senador João Costa assegura que “a região norte precisa expandir sua malha aeroviária através da utilização real e eficiente destes aeroportos”.  

Já o senador Vicentinho Alves aponta que “são unidades já instaladas e que estão sem a operacionalização de sua estrutura em Porto Nacional e Redenção, por questões de adequação às normas da aviação civil, relacionada a tamanhos de pista ou balizamentos. Mas, são unidades que oferecem total condição de segurança, instrumentação e infraestrutura capazes de impulsionar o desenvolvimento em suas regiões através da volta de suas operações, dependendo apenas destas adequações – solicitações estas que viemos pleitear junto ao ministro Wagner Bitencourt”.

O senador Flexa Ribeiro afirmou que os dois aeroportos “são vitais para alavancar o desenvolvimento econômico de suas regiões. Porto Nacional e Redenção são corredores do progresso e sua população tem de contar com a oferta de transportes diversos a seu dispor, sejam eles rodoviários, hidroviários ou aeroviários”.

Para a pista de Redenção, a adequação exigida para que possa voltar a operar voos comerciais locais é de garantir a extensão dos atuais 1.200 metros de pista, para o dobro dessa metragem: 2.400 metros. Acompanhado do vice-prefeito de Redenção, Carlos Iavé (PMDB) e dos empresários Moisés Carvalho e Mazinho Kervald, o prefeito Vanderlei Coimbra ressaltou que a articulação dos três senadores em prol das duas cidades é essencial nos reparos que os dois aeroportos precisam. “O pleito que foi realizado sensibilizou o ministro, que nos garantiu que a Secretaria de Aviação Civil enviará técnicos para a inspeção in loco e futuras providências para as adequações necessárias”.

O prefeito Otoniel Andrade afirma que o balizamento da pista do aeroporto de Porto Nacional é o último passo a ser cumprido para o retorno das operações na Unidade. Andrade já faz prognóstico de voos locais para a cidade. “Estamos trabalhando para que em aproximadamente 4 meses possamos retornar as atividades do aeroporto com o estabelecimento de voos comerciais em nossa cidade de uma das empresas aéreas regionais que atuam no Tocantins. (Assessoria de Imprensa)