Campo

Foto: Divulgação

A Secretaria Estadual da Agricultura, da Pecuária e do Desenvolvimento Agrário (Seagro) iniciou uma agenda de visitas a prefeituras de dez municípios tocantinenses, com o objetivo de firmar parcerias para desenvolver ações que fortaleçam a cadeia de biodiesel. Nesta segunda-feira, dia 18, foram fechados acordos com as prefeituras de Porto Nacional e Santa Rosa do Tocantins para a realização de seminários que divulguem a produção de oleaginosas nas regiões.

De acordo com o diretor de Agroenergia da Seagro, Luiz Eduardo Leal, essa parceria com as prefeituras é “essencial” para o aumento da produção de biodiesel no Estado. “Precisamos fortalecer a produção de oleaginosas [como a soja e amendoim] nas pequenas propriedades, para aumentar nossa produção de biodiesel”, explicou Leal, acrescentando que a matéria prima tem venda certa, já que as empresas precisam comprar de pequenos produtores para conseguir o Selo Combustível Social.  

O prefeito de Porto Nacional, Otoniel Andrade, que recebeu a equipe da Seagro na manha desta segunda-feira, falou sobre a necessidade de ações para diversificar a produção na agricultura familiar. “Temos o maior interesse em desenvolver esse projeto e por isso vamos auxiliar no que for preciso”, assegurou o prefeito. Após o encontro, ficou acertada a realização de um seminário com a participação de agricultores familiares de Porto Nacional.

Em Santa Rosa, o prefeito Ailton Araújo destacou a tradição dos agricultores familiares na produção de soja. “Esse projeto do Governo, voltado para o fortalecimento da cadeia produtiva do biodiesel, vem ao encontro com uma atividade que é muito viável em nossa região”, assegurou o prefeito, que anunciou a realização de seminário de agricultura familiar, no dia 9 de março, onde a Seagro apresentará o projeto aos pequenos produtores.  

Projeto aprovado

O Governo do Tocantins firmou uma parceria com o Governo Federal, através do MDA - Ministério do Desenvolvimento Agrário para garantir a execução do projeto “Fortalecimento da Cadeia Produtiva do Biodiesel no Tocantins”. Orçado em R$ 222.979,40, o projeto começará a ser executado em março e é voltado para o fortalecimento da produção de oleaginosas em dez municípios que integram o Polo de Produção de Santa Rosa, que inclui: Santa Rosa, Palmas, Porto Nacional, Natividade, Monte do Carmo, Brejinho de Nazaré, Ipueiras, Natividade, São Valério e Chapada de Areia.

Seringueira

Durante as reuniões com os prefeitos, também foi apresentado o Pronaf Eco Seringueira - Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar. Para participar desse programa, o produtor deve atender ao perfil de agricultor familiar e procurar um escritório do Ruraltins, para ser realizada a triagem de aptidão de área em sua propriedade. Podem ser financiados até R$ 15 mil por hectare, sendo liberado o recurso para no mínimo dois hectares. Logo depois, o agricultor deve fazer um projeto de financiamento junto ao banco, que possui uma linha de crédito específica para financiar plantio de seringueira. (Ascom/Seagro)