Meio Ambiente

Foto: Divulgação

Em apenas 7 meses de cultivo, o Governo do Estado, alcançou 90% da produção de mudas nativas de um total 10mil unidades, meta prevista no Projeto de Revitalização de Ipucas na Planície do Araguaia – Tocantins. O projeto é desenvolvido através da Secretaria do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semades) em parceria com o Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) e proprietários rurais da região.

Entre outros benefícios, o projeto tem o objetivo de contribuir com a recuperação, conservação e preservação do ambiente, através da implementação de ações, que promovam o uso sustentável dos recursos naturais, a melhoria das condições socioambientais, o aumento da qualidade e/ou quantidade de água, entre outros benefícios.

O secretário da Semades, Alan Barbiero, avaliou os resultados da produção de mudas e falou da perspectiva de plantio. “A coleta de sementes, realizada durante as visitas à campo, superou as expectativas técnicas. Em sete meses alcançamos um total de 9mil mudas, sendo que destas cerca de 2mil já estão em fase de aclimatização, o que antecede a liberação da muda para o plantio”, enfatizou Barbiero.

Ainda sobre esse assunto, Alan Barbiero adiantou que na próxima semana, será realizado o plantio de mais 3mil sementes, o que já deve ultrapassar a meta do projeto. “A expectativa da equipe é dobrar a produção dentro do período inicialmente previsto e alcançar um total de 20mil mudas, para iniciarmos a etapa de plantio nas áreas das Ipucas, ainda nesse semestre, logo após o período de chuvas”, antecipou o secretário.

Barbiero afirmou também que esse será um dos recursos que irão auxiliar os produtores rurais da região, no reflorestamento das áreas de Ipucas. “É importante essa articulação entre o governo e os proprietários para manutenção desses fragmentos, pois desta forma, conseguiremos preservar as características dessas unidades, com a revitalização de espécies nativas e respeitando os limites naturais”, destacou o secretário.  

De acordo com informações do engenheiro ambiental da Diretoria Geral de Planejamento e Gestão de Recursos Hídricos da Semades, Francis Frigeri, se o trabalho que vem sendo desenvolvido pela equipe da Semades e do Naturatins, continuar contando com os bons resultados alcançados a revitalização deve superar as perspectiva do projeto.  (Ascom Semades)