Saúde

Foto: Divulgação

Representando o governador Siqueira Campos, a secretária de Estado da Saúde, Vanda Paiva participou nesta última sexta feira, 22,da formatura  da primeira  turma de 15 médicos que concluíram a residência médica no Estado, um passo significativo para a fixação desses profissionais no Tocantins. O evento aconteceu no Auditório do Cuica – Centro Universitário Intergrado de Ciência,Cultura e Arte da Universidade Federal do Tocantins.

A secretária de Estado da Saúde falou da importância desse  momento histórico da formatura de Residência Médica. “Estou muito feliz por fazer parte da história da primeira turma de médicos residentes do Tocantins”, afirmou ela. Vanda Paiva disse ainda que haverá melhorias nas condições das unidades hospitalares. Ela lembrou que o governador Siqueira Campos destinou 400 milhões para o setor. Há também cerca de 80 milhões, recursos provenientes de emendas da senadora Kátia Abreu, para a construção do Hospital de Gurupi.

O coordenador da Comissão de Residência Médica, Itágores Hoffman II ressaltou a importância da Residência médica para fixação destes profissionais no Estado.

O reitor da UFT, Márcio Silveira, destacou a parceria entre a UFT e o Estado. “Essa parceria é fundamental. Há uma contribuição tanto por parte da universidade como também do Estado. É um casamento perfeito”. Disse ele. O reitor acredita também que a Residência é um passo para fixar os médicos no Tocantins.

Dentre as unidades que os médicos atuaram durante o período da Residência Médica estão o HMPDR- Hospital Maternidade Público Dona Regina, HGPP- Hospital Geral Público de Palmas e HIPPHospital InfantilPúblico dePalmas.Os médicos se tornaram especialistas em áreas comoClínica Médica, Cirurgia Geral e Pediatria, psiquiatria, ginecologia obstetrícia.

Residência Médica

A Residência Médica é uma modalidade de ensino de pós-graduação destinada a médicos, sob a forma de curso de especialização. Funciona em instituições de saúde, sob a orientação de profissionais médicos de elevada qualificação ética e profissional. É um curso de Pós-graduação lato sensu, regulamentado pelo Decreto nº 80.281, de 05/09/77 e pela Lei nº 6932 de 07/07/81, e demais Resoluções emanadas da CNRM/MEC.