Cultura

Foto: Divulgação

A edição especial do Circuito de Eventos Tradicionais do Tocantins encerrou sua programação de oficinas culturais na noite do último sábado, 23, com um grande show musical na Orla do Lago, em Lagoa da Confusão. O evento contou com a presença da secretária estadual da cultura, Kátia Rocha, do prefeito da cidade Leôncio Neto Lino e da primeira dama do município, Adriana Milagres.

“Este evento aconteceu em 11 municípios de nosso Estado e nada melhor que realizar este grande encerramento nesta cidade, a qual tenho uma admiração especial. Hoje vocês puderam conhecer o trabalho de Núbia Dourado, uma cantora que veio de Rio Sono. Também quero poder levar um artista daqui para mostrar seu talento naquele município e assim ir interagindo nossa arte e tocando nossa cultura”, discursou a secretária.

O prefeito agradeceu a ação do governo do estado por meio da secretaria da cultura, “Estamos em festa, não só pelos 22 anos de Lagoa da Confusão, mas por esta ação do governo do estado por meio da Secult em nosso município. Com certeza, as sementes que foram plantadas nestes dias darão frutos e contribuirão para o fortalecimento de nossa cultura e o desenvolvimento do turismo em nossa região”, disse o prefeito.

A noite contou com a apresentação do Grupo de Dança Serginho Moreira, “Lembranças do Baú”, que apresentou variados tipos da dança de salão, como o bolero, samba, lambada, zouk e encantou o público. “É a primeira vez que assisto a uma apresentação de dança clássica assim. É bonita e diferente, geralmente só vejo sertanejo e funk”, descreveu a estudante Laila Araújo, de 16 anos.

O show estendeu a noite sob a animação dos palhaços Batatinha Frita e Cocada com os shows da Banda Soneto que trouxe forró pé de serra, da cantora Núbia Dourado e banda que contagiou com o ritmo Catirandê com “Roda de Saia” e também apresentou músicas inéditas do seu novo trabalho como “Galega Preta”. A noite encerrou com a apresentação de Leila Lima e banda com um repertório diversificado.

O projeto é uma realização do governo do Estado por meio da Fundação Cultural do Tocantins viabilizada pelo convênio firmado com o Ministério da Cultura.