Polí­cia

Foto: Divulgação

A Polícia Civil, por intermédio da Divisão da Polinter e Capturas, cumpriu, na tarde desta última sexta-feira, 1º de Março, mandado de prisão preventiva em desfavor de Carlos Otávio Lima Machado, 55 anos de idade pela prática do crime de estupro de vulnerável cometido contra uma criança em Balsas, interior do Estado do Maranhão.

De acordo com informações do delegado titular da Polinter, Pedro Vasconcelos o acusado foi preso pela Polícia Militar, por volta das 16h40min, quando se encontrava no interior de uma agência bancária localizada na Avenida JK, no centro de Palmas.

O acusado é foragido da justiça maranhense, e atualmente residia no Povoado Irmã Adelaide, zona rural de Miracema do Tocantins, para onde se mudou após evadir-se de Balsas onde é acusado de abusar sexualmente de uma menina durante mais de 4 anos. Ainda de acordo com o delegado, os estupros teriam começado quando a criança tinha 5 anos e duraram até o anos de 2003.

Carlos Otávio utilizava sempre os mesmos subterfúgios atraindo a criança para sua residência com a promessa de frutas e doces e então aproveitava-se da fragilidade da mesma e cometia os estupros. Somente no ano de 2012 o fato veio à tona, quando a vítima alcançando 18 anos resolveu denunciar os crimes ao saber que o acusado teria tentado também estuprar sua irmã, menor de idade.

O homem foi conduzido à sede da Polinter, e ao ser interrogado pela autoridade policial, confessou a autoria dos crimes que lhe são imputados, momento em que foi cumprido o mandado de prisão por estupro de vulnerável que pesava contra o acusado. Carlos Otávio foi então recolhido à carceragem da Casa de Prisão Provisória de Palmas onde aguardará recambiamento para Balsas a fim de responder pelos crimes que cometeu. (Ascom SSP)