Estado

Foto: Divulgação

Os interessados em participar do Mutirão de Exames de DNA, que será realizado pela Defensoria Pública em Gurupi no dia 21 de março, ainda podem procurar a Instituição para realizar o agendamento. De acordo com a diretora do Núcleo Regional de Gurupi, defensora Lara Gomides Nóbrega de Souza, o número de exames aumentou e agora serão 50 exames disponibilizados, inteiramente gratuitos, onde será imprescindível a presença do suposto filho, de sua genitora mãe e do suposto pai.

“O agendamento se faz necessário para garantir a vaga no Mutirão e principalmente para que tenhamos tempo hábil para preparar os processos, com os documentos do suposto filho, de sua genitora mãe e do suposto pai. No dia 21 serão feitas coletas do material genético para realizar o exame”, explicou a defensora.

Para fazer o agendamento, as pessoas interessadas deverão procurar a Instituição em Gurupi, levando os documentos pessoais de todas as pessoas envolvidas. O exame para o reconhecimento de paternidade é disponibilizado por meio do Núcleo de Conciliação e Mediação de Gurupi, a partir de um contrato firmado com o Laboratório MedGen, sendo estes 50 exames feitos durante o Mutirão os últimos oferecidos através desta parceria.

Resultados

Os resultados dos exames deverão ser disponibilizados aos assistidos 30 dias após a coleta do material genético, na sede da Defensoria Pública em Gurupi. A partir da chegada dos exames, a Defensoria fará o agendamento para a abertura dos resultados, com a presença das partes envolvidas. (Ascom Defensoria Pública)