Polí­tica

Foto: Divulgação

Mobilizar a base partidária, este é um dos objetivos dos oito encontros regionais realizados pelo Partido dos Trabalhadores nos meses de março e abril deste ano. O 2º Encontro foi realizado neste domingo, 17, no auditório da Faculdade Católica Dom Orione de Araguaína, e reuniu dirigentes petistas de 15 municípios da região: Araguaína, Aragominas, Araguanã, Barra do Ouro, Babaçulândia, Campos Lindos, Darcinópolis, Filadélfia, Muricilândia, Palmeiras, Piraquê, Santa Fé, Tocantinópolis, Xambioá e Wanderlândia.

Além da presença de membros da Executiva Municipal e Estadual do PT, o encontro também contou com a participação dos deputados petistas Amália Santana e José Roberto, do ex-prefeito de Couto Magalhães, Júlio César Brasil, do ex-prefeito de Porto Nacional, Paulo Mourão, e dos prefeitos de Colinas e Palmeiras, José Santana e Evandro Pereira, respectivamente.

Durante o Encontro de Araguaína, a filiação do empresário Nicolau Esteves foi assinada pelo presidente estadual do PT, Donizeti Nogueira, e pelos petistas Célio Moura e Paulo Mourão.  Ao Conexão Tocantins, Nogueira negou que Esteves esteja se filiando com intenção de disputar o governo e frisou que no momento o partido não discute nomes e sim as estratégias da legenda. O presidente conta que alguns filiados podem ter citado o nome de Esteves como possível pré-candidato ao governo mas frisou que "esta não é a voz do PT".

Na análise de conjuntura regional, os dirigentes avaliaram a situação política do partido após as eleições municipais de 2012. “O PT tem conseguido uma unidade partidária e isso reflete, consequentemente, no crescimento da Regional de Araguaína no que se refere ao quadro de mandatários, bem como no fortalecimento das bases com os militantes, tendo em vista o projeto político do partido”, destacou o coordenador da Macrorregional de Araguaína, João Batista.

O vereador petista de Barra do Ouro, Carlos Jaca, também destacou a importância do evento. “Esse encontro é de grande importância para o partido, porque reforça essa unidade entre os militantes e dá essa oportunidade de todos exporem suas ideias e isso é de uma grandeza extraordinária, porque aqui estamos debatendo e discutindo questões importantes do nosso Estado”, destacou.

Depois de discutir a conjuntura regional e estadual, os petistas debateram os eixos do projeto de desenvolvimento para o Tocantins. A exemplo das manifestações que aconteceram em Axixá, os dirigentes que participaram do Encontro em Araguaína também reforçaram a necessidade do PT apresentar uma candidatura própria para as eleições de 2014.

“Nosso partido tem práticas diferenciadas e aqui mais uma vez estamos nesse diálogo democrático com nossa base para construir a unidade necessária que vai refletir nos rumos que iremos seguir no próximo período. Nesses encontros estamos mobilizando os petistas para as tarefas que teremos que desempenhar e, principalmente, dar início à construção desse projeto de desenvolvimento que está sendo construído por um grupo de trabalho dos militantes do partido”, disse o presidente estadual do PT, Donizeti Nogueira.

Nos dias 23 e 24 de março acontecem mais quatro encontros regionais do PT, nos municípios de Colinas, Guaraí, Porto Nacional e Divinópolis. Estes encontros são preparatórios para a reunião ampliada do Diretório Estadual que acontece nos dias 13 e 14 de abril em Palmas, onde o partido vai definir sua estratégia e tática eleitoral para 2014.