Polí­tica

Foto: Divulgação

A Comissão de Educação aprovou nesta última quarta-feira, 20, dois requerimentos de autoria da deputada professora Dorinha Seabra Rezende (DEM-TO). O primeiro requerimento requer o envio de indicação ao Ministério da Educação sugerindo a implantação de um Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia no município de Taguatinga, região sudeste do Tocantins.

Em defesa do requerimento, professora Dorinha pontuou que o Tocantins é um estado grande territorialmente e hoje há quatro polos do Instituto Federal no Estado, mas não há na região sudeste. A sua implantação atenderia não somente Taguatinga, mas cidades circunvizinhas e outras próximas nos estados da Bahia e Goiás, que fazem divisa com o Tocantins.

Outro requerimento aprovado pede a criação de uma Subcomissão Permanente de Formação e Carreira Docente. Segundo a parlamentar, há uma preocupação em relação à qualidade da formação do professor e que há estudos que mostram que ela não atende a demanda nem o perfil da educação básica.

“A minha sugestão do requerimento é que a subcomissão tenha foco na formação e na carreira. É uma preocupação pertinente porque estados e municípios têm tratado o piso como única referência de carreira e nós precisamos tratar a formação na sua especificidade. É relevante ter estudos focados tanto na carreira quanto na formação docente”, argumentou. (Assessoria de Imprensa)