Polí­tica

Foto: Clayton Cristus

Após manifestar apoio e se colocar como aliada à causa dos procuradores públicos municipais de Palmas, a deputada estadual Solange Duailibe, (PT), lamenta a aprovação, pela Câmara Municipal, da Medida Provisória (MP) nº 03 – que dispõe sobre a Organização, Quadro, Carreira e Vencimentos da Secretaria de Assuntos Jurídicos do Município de Palmas e regulamenta a carreira de Procurador Jurídico Municipal.

Para Solange Duailibe, o interesse público tem que ser preservado, acima de quaisquer outros interesses. “Se para acomodar apenas um elemento você contraria um todo, há que se reavaliar a gestão pública e suas prioridades”, adverte a deputada.

Mesmo reconhecendo como democrática, a decisão do plenário municipal, a deputada lamenta a decisão dos vereadores que avalizaram a extinção do Conselho Superior dos Procuradores e a subordinação da Procuradoria Geral do Município à Secretaria de Assuntos Jurídicos que também teve sua criação aprovada. "A medida já nasce questionada juridicamente e certamente o Judiciário irá revogá-la".

Segundo a parlamentar, há que se valorizar o profissional habilitado para cada função e dar-lhe autonomia de ação, sob a pena de se inverter valores e prejudicar o instrumento principal que é a prestação de serviços à coletividade. (Ascom Solange Duailibe)