Economia

Foto: Divulgação

As Cooperativas de Crédito aumentaram significativamente, nos últimos anos no Tocantins.  Há três sistemas de créditos ligados às cooperativas destes ramos no Estado: Sicoob, Sicredi e Unicred e grande parte das operações de créditos destina-se ao setor agropecuário. Em 2012, dois dos três sistemas: Sicoob e Unicred fizeram mais de R$ 72 milhões em negociações.

De acordo com a diretora de Fomento e Fortalecimento ao Cooperativismo e Associativismo Rural da Seagro – Secretaria Estadual da Agricultura, da Pecuária e do Desenvolvimento Agrário, Angelina Stefanello, os dados demonstram que a facilidade nas operações, os juros mais baixos e a credibilidade das cooperativas têm sido percebidas pelos produtores. “As cooperativas de crédito conseguiram expandir as negociações num patamar expressivo. A intenção é divulgar, ainda mais, essa modalidade de produção econômica para que os agricultores e comunidade em geral possam se interessar nesta atividade que vem crescendo no Tocantins”, informou.

De acordo com o gerente de negócios do Sicoob/Credipar – Cooperativa de Crédito de Livre Admissão de Paraíso do Tocantins e Região, Antonio Coelho Neto, no Sistema os produtores rurais têm à disposição duas linhas de crédito. “Uma linha é relacionada ao Pronaf – Programa Nacional de Crédito Fundiário e outra para financiar aquisição de matrizes leiteiras e equipamentos para produção de leite”, mencionou, acrescentando que a expansão das cooperativas de crédito é decorrente de diversos fatores relacionados à isenção de tarifas, baixas taxas de juros, atendimento personalizado, participação nos lucros, gestão própria através da participação, entre uma série de benefícios.

Cooperativismo

O cooperativismo é um movimento mundial, baseado em um ideal, concretizados em princípios. É uma instituição organizada sob forma de sociedade cooperativa, mantida pelos próprios cooperados, que exercem ao mesmo tempo o papel de donos e usuários. As cooperativas de créditos são eficientes para o fortalecimento da economia, a democratização do crédito e a desconcentração de renda. É a união de pessoas com interesses comuns, que buscam satisfazer aspirações e necessidades econômicas, sociais e culturais por meio de uma cooperativa organizada.

Sicoob

Em 2011, as operações de crédito pertencentes ao sistema Sicoob – Sistemas de Cooperativas de Crédito do Brasil - fizeram mais de R$ 30 milhões em negociações, um crescimento de 50%, em relação a 2011, quando foi movimentado cerca de R$ 20 milhões. Atualmente, o Sicoob no Tocantins possui 2.274 cooperados, um aumento de 21,86% se comparado com 2011, quando eram 1.866.

Segundo informações do Sicoob, do número total de cooperados em 2012, mais de 35% são financiadores de linhas de crédito.  O número de tomadores, como são conhecidos, obteve um crescimento médio de 33,87%, nos últimos 10 anos. Os ativos totais (depósitos em dinheiro, aplicações financeiras, capital social dos sócios, entre outros) tiveram aumento significativo: cresceram mais de 43,32%, se comparados os anos de 2011 e 2012. Na última década, os ativos totais tiveram um crescimento médio de 32,22%.

Unicred

Em 2012, a Unicred Centro Brasileira registrou no País R$ 357.838.473,00 em empréstimos, sendo que em 2011 foram R$ 295.847.815,00, consolidando um aumento de 21,56%. Já no Tocantins foram emprestados R$ 42.536.115,00, com um quadro de associados de 1.171 pessoas. Já o capital social do sistema é de R$ 3.847.161,00.  (Ascom/Seagro)