Estado

Após 15 dias de trabalho, a operação de restauração de rodovias estaduais iniciada neste mês pela Agência de Máquinas e Transportes do Estado do Tocantins (Agetrans) já alcançou 40% dos trechos de TOs pavimentadas em situação crítica em todo Estado, segundo informou o governo. Os pontos prioritários foram mapeados pelas sete Residências Rodoviárias da Agetrans que são responsáveis pela conservação e manutenção das estradas estaduais que interligam os 139 municípios tocantinenses.

Os trechos estão recebendo manutenção e roçagem simultaneamente. Até o momento, já foram utilizados 1.500 m³ de massa asfáltica PMF (Pré Misturada Fria), com a mobilização de 85 máquinas entre caminhões basculantes, tratores, rolos compactadores, roçadeiras e caminhões de assistência. “Temos que garantir a trafegabilidade dos condutores. Estamos fazendo a conservação e o levantamento para projetos de restauração nos trechos onde os pontos críticos são contínuos nas rodovias, refazendo-os, a Agetrans está com estudos e cronogramas avançados para essa solução definitiva”, assegurou o presidente da agência, Alvicto Nogueira, o Kaká.

Nesta primeira etapa da operação, estão sendo investidos R$ 4 milhões, recursos oriundos do tesouro estadual. O cronograma de serviços iniciado no dia 11 de março tem 45 dias para ser executado e segue avançado.

Entenda a operação

Os serviços estão sendo executados de acordo com o levantamento técnico feito em cada trecho, situações como chuvas e condição da deteriorização do pavimento influenciam no andamento dos trabalhos. Entretanto, para a agilidade do processo, a Agetrans reforçou a operação com cerca de 200 funcionários nas rodovias, em regime de troca de turno. Ao finalizar os trechos prioritários, o contingente operacional segue para o próximo em ordem decrescente: do mais crítico para o menos crítico. Todas as rodovias serão atendidas conforme cronograma.

Andamento por regional

Residência de Porto Nacional (R1): (trecho prioritário) TO-070 Porto Nacional /Brejinho de Nazaré, 39 km de extensão, trecho concluído;

Trechos em andamento: TO–010 Palmas/Taquaralto, 11,50 km de extensão (85% executado);

Trechos finalizados: TO–010 Palmas/Lajeado Grande, 45,10 km de extensão; TO - 050 Porto Nacional/TO–070, 40,80 km de extensão; TO – 050 Porto Nacional/Silvanópolis (Anel viário), 7,50 km; Porto Nacional/BR – 153- Fátima, 61,40 km de extensão.

Próximos trechos: TO –020 Aparecida do Rio Negro/Novo Acordo, 42 km de extensão (Previsão de 01 a 04/04); TO – 030 Taquaralto/Santa Tereza do Tocantins, 62 km de extensão (Previsão 29/03); TO – 050 Porto Nacional/Silvanópolis, 55 km de extensão (Previsão de 27 a 29/03); TO – 247 Santa Tereza do Tocantins/Lagoa do Tocantins, 40,50 km de extensão (Previsão de 27 a 28/03).

Residência de Araguaína (R2): (trechos prioritários) TO – 222 Araguaína / Bielândia / Filadélfia 100 km de extensão, 20% executado.

Trechos em andamento: BR– 153/Bandeirantes, 18 km de extensão (70% executado); TO – 230 Bandeirantes/Arapoema, 60 km de extensão (15% executado).

Residência de Tocantinópolis (R3): (trechos prioritários) TO – 201 São Miguel do Tocantins / Sítio Novo / Axixá / Augustinópolis / Buriti / Esperantina, 120 km de extensão (80% concluído).

Trecho em andamento: TO– 134 Veredão/Axixá do Tocantins, 46,90 km de extensão ( 45 % executado); TO –404 Entroncamento 010/Augustinópolis, 20,60 km (70 % executado).

Trecho finalizados TO –134 Angico/Luzinópolis, 25 km de extensão;

Próximo trecho: TO – 126 Itaguatins/Sítio Novo do Tocantins, 25,80 km de extensão (Previsão de 25/ a 31/03)

Residência de Guaraí (R4): (trechos prioritários) TO-336 Guaraí/Colméia/Goiany dos Campos/Pequizeiro/Couto Magalhães, 81,02 km de extensão, (40% do trecho executado).

Trecho em andamento: TO– 355 Colinas/Couto Magalhães, 39 km de extensão (50% executado).

Residência de Gurupi (R5): (trechos prioritários) TO-280 Natividade/São Valério/ entroncamento com a BR-242, 98 km de extensão, 25% executado;

Trecho em andamento: BR– 153 Posto fiscal de Talismã (Pátio), 40% executado; TO – 373 Araguaçu/Divisa TO-GO (São Miguel), 17 km de extensão, 20% executado.

Residência de Dianópolis (R6): (trechos prioritários) TO – 040 Dianópolis/Novo Jardim, 35,7 km (100% executado);

TO – 110 Entrocamento TO– 040 Ponte Alta do Bom Jesus / Taguatinga / Aurora / Lavandeira / Combinado / Novo Alegre / Divisa com Goiás, 170 km de extensão (60% executado);

Próximo trecho: TO – 050 Arraias / Conceição / Príncipe, 150 km de extensão

Residência de Paraíso do Tocantins (R7): (trechos prioritário) TO – 255 Nova Rosalândia/ Cristalândia / Lagoa da Confusão, 85 km de extensão (100% executado);

Trechos em andamento: TO-342 Miracema/Miranorte, 20 km de extensão (80% executado); TO – 342 Dois Irmãos/Entroncamento TO – 348, 50 km de extensão (80% executado); TO – 354 Pugmil/Pium, 31 km de extensão (90% concluído);

Trechos concluídos: TO –080 Palmas/Paraíso/Monte Santo/Divinópolis, 121 km de extensão; TO – 164 Divinópolis/Abreulândia/Dois Irmãos, 64 km de extensão; TO – 164 Pium/Cristalândia, 18 km de extensão; TO – 354 Entroncamento com a TO-342/Araguacema, 51 km de extensão.

Próximos trechos: TO –080 Divinópolis/Marianópolis, 52 km de extensão (Previsão de 26 a 27/03); TO –080 Marianópolis/Caseara, 78 km de extensão (Previsão de 28 a 29/03). TO –Miracema/Lajeado, 25 km de extensão (Previsão para Abril).

Por: Redação

Tags: Agetrans, Alvicto Nogueira