Polí­tica

Foto: Divulgação

 Em seu pronunciamento nesta terça-feira, 02, durante sessão ordinária, na Câmara de Palmas, o vereador e líder do governo, Joel Borges (PMDB), mostrou sua preocupação com a forma que os trabalhos estariam sendo conduzidos por alguns colegas da casa. “Tenho tentado contribuir para que tenhamos um parlamento de alto nível, mas não é o que tenho visto”, ressaltou em sua fala.

Segundo ele, desde o início desta gestão em quase todas as sessões, a oposição tem tentado implantar um clima de denuncismo. “O que percebo é que não importa se está bom, o que se deseja é falar mal”, ressaltou ele.

Em sua fala, o vereador apresentou ao colega Iratã Abreu (PSD-TO) resposta referente a esclarecimentos sobre o processo de aquisição dos novos uniformes das equipes de limpeza pública da Capital.  De acordo com Joel Borges, a Litucera Limpeza e Engenharia Ltda fez doação ao município e apresentou o termo da mesma.

Em outro momento, Joel Borges esclareceu sobre a aquisição de 1200 sacos de 25 Kg de recompositor de piso para operação tapa-buraco. Segundo ele, os materiais foram doados e que a própria prefeitura foi orientada para retirar ata de registro de preço do diário porque não havia orçamento aberto e que não tinha apenas uma nota fiscal, mas cinco. “E com laudos técnicos”.

Joel Borges foi enfático ao dizer que os questionamentos do vereador Lúcio Campelo (PR) referentes ao assunto foram infundados e todas as doações foram realizadas de forma legal e os documentos comprovam isto. Ele ironizou Lúcio Campelo dizendo que o informante do mesmo era muito ruim de serviço, além de mal informado, pois não havia levado ao colega todas as informações referentes ao processo em questão.

De acordo com ele, o papel de cada um na casa é de fiscalizar e não apenas trazer denúncias infundadas, mas que os fatos sejam averiguados e que os colegas fossem cuidadosos, uma vez que os secretários da atual gestão jamais se recusaram a recebê-los para esclarecer quaisquer assuntos.  

O líder do governo disse que os números mostram que a atual gestão está fazendo o seu trabalho. “Os números estão aí e só não vê quem não quer”, disse ele citando, saúde, educação, a realização do concurso público, a reativação da Ouvidoria, que está em pleno funcionamento, alimentação digna para os funcionários da limpeza urbana, as atuações a Miracema, dentre outros.

Para Joel Borges, sempre há coisas para se criticar em uma gestão, mas não se pode negar os avanços que a atual administração está obtendo, pedindo aos colegas mais cuidados ao fazerem denuncias.  “Espero desta casa e dos colegas discussões que contribuam com a administração, que seja possível um parlamento equilibrado, que ajude a gestão com debates de nível, extraindo o melhor dos projetos que aqui chegam”, finalizou ele.

Requerimento

Foi aprovado nesta terça-feira, 02, requerimento do vereador Joel Borges para a criação de mecanismos ou o cumprimento dos porventura já existentes, juntos a órgão ambiental competente da administração pública municipal, visando o atendimento a caçambeiros radicados em Palmas de forma que seja autorizada à autônomos a extração e transporte de cascalho natural de propriedade particulares, devidamente autorizados pelos proprietários.

E que também seja criado um ambiente para depósito de entulhos de construção, análogo ao aterro sanitário, com probalidade para o recolhimento posterior, reciclagem e reutilização.