Polí­tica

Foto: Divulgação

Após palestra do ex-deputado federal e jornalista do Partido Verde (PV) Fernando Gabeira na última sexta-feira, 5, o deputado estadual e presidente regional do partido no Estado, Marcelo Lelis comentou a repercussão do evento e principalmente sobre o posicionamento do jornalista sobre a maconha durante entrevista.

Questionado pelo Conexão Tocantins sobre a defesa que Gabeira fez da legalização da maconha o parlamentar disse que não está convencido sobre o assunto. “ Primeiro se você pegar o estatuto do PV você não vai ver isso como algo do PV, a descriminalização da maconha ela é uma bandeira defendida por ele e por vários pensadores do país que entendem que esse pode ser o caminho como outros países já fizeram mas eu não comungo desse posicionamento dele. Sou alguém que ainda tenho que ser convencido de que esse é o melhor caminho”, afirmou.

Gabeira ponderou que é preciso reformar a Polícia brasileira antes da descriminalização da maconha e da liberação do uso de entorpecentes. Lelis frisou que se interessa pelo debate mas que o tema precisa ser melhor estudado. “ Ele mesmo pondera que antes de algo como isso acontecer é preciso fazer reformas portanto ele não defende isso para o momento atual”, frisou. “Não estou convencido nem para o Tocantins nem para o país e não defenderei isso até que haja um convencimento”, salientou.

Na avaliação de Lelis, o objetivo de capacitar as lideranças foi alcançado. “Não era evento político-partidário nem de planejamento para as próximas eleições. Era um evento de formação”, frisou citando que além dos membros do partido convidados de outras legendas e simpatizantes participaram.

No evento Gabeira falou na palestra “O Futuro do Brasil e os Verdes nesse Processo” sobre o cenário político do Brasil e sobre a necessidade de mudanças