Estado

A Defensoria Pública do Tocantins inicia nesta quarta-feira, 24, os atendimentos e orientações jurídicas gratuitas à comunidade carente durante o projeto Parlamento Popular, realizado pela Assembleia Legislativa, em Araguatins, região Norte do Estado, Bico do Papagaio.

Os serviços serão prestados até quinta-feira, 25, pelos defensores públicos Cláudia de Fátima Brito, Viviane Lúcia Costa, Gildevan Silva e Maria Sônia da Silva. Além das orientações jurídicas, a área da família também vai ser beneficiada com exames gratuitos de DNA para o reconhecimento de paternidade, mas nesse caso será necessária a presença da mãe, filho e o suposto pai.

Durantes estes dois dias todos os atendimentos prestados pela Defensoria Pública em Araguatins serão realizados em duas salas disponibilizadas pela organização de evento, que acontece na Praça dos Pioneiros, próximo ao Cais, no Centro da cidade. A participação no Parlamento Popular é uma oportunidade da Defensoria Pública estar ainda mais perto daqueles que necessitam dos atendimentos, e ainda divulgar as ações e o trabalho realizado pela Instituição.

Parlamento Popular

A proposta do programa Parlamento Popular da Assembleia Legislativa é aproximar o cidadão do legislativo, realizando sessões plenárias itinerantes. A programação prevê visitas a obras do Executivo na região pelos parlamentares. As sessões ordinárias serão realizadas na quarta-24, e quinta-feira, 25,  às 9h, regimentalmente.

A participação da Defensoria Pública atende a um convite feito pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Sandoval Cardoso, ao Defensor Público Geral, para ser parceira durante a ação, contribuindo para o sucesso do evento. Marlon Costa Luz Amorim também prestigiará o evento. (Secom)