Economia

Foto: Divulgação

Após percorrer os 139 municípios do Estado em 2012, durante força tarefa para incentivar a implantação do SIM – Serviço de Inspeção Municipal, técnicos da Seagro – Secretaria Estadual da Agricultura e Pecuária - diagnosticaram que 30 agroindústrias no Estado devem ser revitalizadas. São 21 casas de farinha, quatro matadouros e cinco bacias leiteiras. A maioria desativada por falta do selo ou com a operação comprometida devido à falta de produção local.

Na próxima semana, nos dias 29 e 30 de abril, os técnicos da Seagro estarão nos municípios de Araguacema e Marianópolis para apresentar o diagnóstico traçado e falar sobre as possibilidades de revitalização dessas agroindústrias. O novo cronograma de visitas possui seis rotas e contempla 35 municípios nesta primeira etapa.

“Vamos apresentar aos agricultores, prefeituras e parceiros que essas agroindústrias podem ser melhoradas, possuem potencial, têm boa estrutura, mas ainda têm ajustes a serem feitos para que a produção deslanche”, diz o médico veterinário da Seagro, Dilmar de Lima Junior.

O engenheiro de alimentos da Diretoria de Segurança Alimentar da Seagro, Vladimir Ferraz conta que, em conjunto com demais diretorias da Seagro, está sendo incentivado o fortalecimento do associativismo, aumento da produção local e oferecidas oportunidades de capacitação aos agricultores. Os trabalhos contam ainda com a participação da Adapec – Agência de Defesa Agropecuária do Estado e Ruraltins – Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins, bem como com o apoio das prefeituras locais.

SIM

Ao mesmo tempo, continuará também o trabalho da Seagro para incentivar a implantação do SIM nos municípios. Conforme levantamento da Diretoria de Segurança Alimentar, até o ano passado apenas sete municípios haviam implantado o serviço, através da aprovação do projeto de lei pelo Legislativo e pela sanção da lei pelo Executivo. Após ação da Seagro, o cenário mudou e, atualmente, 27 municípios já estão com a situação regularizada, sendo que a maioria restante já trabalha para aprovação dos projetos de lei ou está em fase de sanção da lei pelos prefeitos.

Importância

O SIM emite certificado de qualidade a empresas e empreendedores que se adequaram às exigências sanitárias vigentes em legislação específica e que também possuem qualidade e higiene em seu processo de produção. Controla ainda a qualidade dos produtos de origem animal, como embutidos cárneos, queijo, ovos, mel e doces, monitorando e inspecionando a sanidade do rebanho, o local e a higiene da industrialização, certificando com selo de garantia todos estes produtos. Ao mesmo tempo, incentiva as pequenas empresas e empreendedores a saírem da clandestinidade, transformando-os em empresários da área urbana e rural, oferecendo aos consumidores alimentos com qualidade e segurança garantida. (Ascom Seagro)