Polí­tica

Foto: Divulgação

Após parecer da Procuradoria Geral Eleitoral em favor da cassação dos senadores João Ribeiro e Vicentinho Alves, ambos do PR, a assessoria de Ribeiro encaminhou nota onde afirma que o senador está tranquilo. “Esta decisão caberá ao Pleno do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), no qual o senador deposita a mais absoluta confiança, em razão da imparcialidade já demonstrada no julgamento de outros processos, inclusive de julgamentos similares”, informou a assessoria.

Conforme ainda a nota, de acordo com a assessoria jurídica de João Ribeiro, as provas dos autos demonstram que não houve a ocorrência de qualquer crime eleitoral, não havendo, portanto, que se falar em  potencialidade e gravidade dos fatos.    

Veja a íntegra da nota:

 NOTA PARA IMPRENSA

Em relação à reportagem veiculada na imprensa sobre o parecer da Procuradoria-Geral Eleitoral divulgado nesta quarta-feira, 24, informamos que:

O senador João Ribeiro (PR), que está em São Paulo para tratamento de saúde, recebe com tranquilidade o parecer da Procuradoria- Geral Eleitoral, por se tratar de um parecer e não uma decisão final.

Esta decisão caberá ao Pleno do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), no qual o senador deposita a mais absoluta confiança, em razão da imparcialidade já demonstrada no julgamento de outros processos, inclusive de julgamentos similares.

Além disso, de acordo com a assessoria jurídica de João Ribeiro, as provas dos autos demonstram que não houve a ocorrência de qualquer crime eleitoral, não havendo, portanto, que se falar em  potencialidade e gravidade dos fatos.