Estado

Foto: Divulgação

A OAB/TO solicita aos advogados que tiveram os seus processos fixados com honorários aviltantes que enviem à seccional cópia dessas decisões. A Ordem no Tocantins, bem como já ocorre nacionalmente, planeja uma mobilização contra a prática malfadada de fixação de honorários advocatícios aviltantes. 

Para isso, precisa que os advogados denunciem. "Todo àquele que se sentir lesado, deve fornecer o caso para servir de subsídio para a OAB. Os advogados não podem mais aceitar passivamente a fixação de honorários advocatícios que aviltam seu trabalho e denigrem a profissão. E nós vamos atuar para coibir o problema, não somente de forma isolada, mas beneficiando toda a classe”, afirmou o presidente da OAB/TO, Epitácio Brandão.

O resultado desse levantamento dará origem a uma mobilização estadual. Os processos devem ser remetidos para a Assessoria Jurídica da Seccional, em Palmas.

Por: Redação

Tags: Epitácio Brandão, OAB