Saúde

Foto: Divulgação

As mulheres tocantinenses já contam com acesso mais rápido a exames preventivos e de manutenção da saúde feminina. É a carreta do projeto Saúde Cidadã, Saúde da Mulher, que vai percorrer os 139 municípios do Tocantins. Exame citológico, também conhecido como Papanicolau, mamografia e ultrassonografia são os serviços oferecidos gratuitamente pelo Governo do Estado na unidade móvel de saúde, totalmente voltada aos cuidados das cidadãs tocantinenses.

A assessora executiva do setor de Oncologia da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), Eliana de Almeida Rezende, explica que a unidade móvel tem como meta atender todas as mulheres que precisam realizar estes exames, prioritariamente, as que estão na faixa etária entre 50 e 69 anos. “O objetivo desse programa é ampliar o acesso aos exames de mamografia no Estado. Após Palmas, esta primeira carreta deve seguir para o interior do Estado. Priorizaremos municípios onde há menor índice de mamografias”, acrescenta.

Eliana explica ainda que nos municípios será feita uma articulação junto às secretarias municipais de saúde, por meio das quais serão realizados os agendamentos para os exames e que, no máximo, em sete dias, os resultados já estarão disponíveis às mulheres. “A intenção é que todas tenham acesso ao exame. A paciente poderá buscar os resultados na unidade básica de saúde do seu município”, destaca.

Atualmente a carreta está atendendo no estacionamento do Hospital Geral Público de Palmas (HGPP), onde vai permanecer até este fim de semana. Após 30 dias na capital, a unidade deve percorrer os municípios da região Centro-Sul do Estado, permanecendo cerca de 20 dias em cada local.

O atendimento ocorre de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 17h. Informações e agendamentos de consultas na Capital podem ser realizados por meio da Liga Feminina de Combate ao Câncer.

Agilidade nos exames

A costureira Rita Mendes, 58 anos, conta que esta é a primeira vez que realiza uma mamografia e que ter o acesso ao serviço de forma tão rápida e simplificada contribui para cuidar melhor da saúde. “Não tenho nenhum sintoma, mas vou fazer o exame para prevenir. Acho muito bom esse serviço, porque a gente acomoda e fica com preguiça do sol quente então não cuida da saúde direito, mas com esse serviço fica mais fácil”, declara.

A doceira Marineide Santana, 44 anos, também afirma que a praticidade no atendimento facilita a rotina atribulada das mulheres e garante resultados muito mais rápidos do que no sistema de saúde convencional. “Esse serviço facilitou bastante para nós, porque aqui fazemos todos os exames de uma só vez, que levariam meses pra fazer nos postos de saúde”.

Sobre a unidade

A unidade móvel foi entregue pelo Governo do Estado na última terça-feira, 21, em Palmas. De acordo com a Sesau, a carreta tem capacidade de realizar 150 procedimentos por dia e a ação vai beneficiar diretamente cerca de 40 mil mulheres em todo o Tocantins. Cada uma das três carretas contará com três médicos, sendo dois ultrassonografistas e um radiologista; dois técnicos em radiologia e enfermeiros.

Esta é a primeira de três carretas dotadas de equipamentos completos e profissionais médicos que vão percorrer o estado. Nos próximos meses devem ser entregues os outros dois veículos. O investimento mensal no programa é de R$ 900 mil na locação do veículo e custos operacionais junto à empresa vencedora da licitação para prestar o serviço. (ATN)