Polí­tica

Foto: Divulgação

O ex-governador Carlos Gaguim (PMDB) através de seu advogado Sérgio do Vale recorreu no Tribunal Superior Eleitoral da decisão do Tribunal Regional Eleitoral que no dia 8 deste mês absolveu o governador Siqueira Campos, o vice João Oliveira além do secretário de Relações Institucionais, Eduardo Siqueira Campos e o apresentador Vanderlan Gomes na Ação de Investigação Judicial Eleitoral impetrada pelo peemedebista.

Na ação Gaguim pedia a cassação de Siqueira e Oliveira além da inelegibilidade de Eduardo mas o relator da matéria, José Ribamar absolveu os acusados e foi acompanhado por três juízes eleitorais. Por quatro a dois todos foram absolvidos.

No recurso ordinário protocolado por Vale ele pede a procedência da ação e que seja reconsiderada o pedido de inelegibilidade de Eduardo Siqueira. O advogado alega que a Procuradoria Regional Eleitoral do Estado se manifestou a favor da cassação.

A acusação contra Siqueira, Oliveira, Eduardo e Vanderlan é de abuso de poder econômico e uso indevido de meios de comunicação sob a alegação de que a TV Girassol teria beneficiado a coligação Tocantins Levado a Sério e desequilibrado o pleito.