Cursos & Concursos

Foto: Divulgação

A Comissão do Concurso Público de Formação de Soldados – CFSD 2013 da Polícia Militar do Tocantins está cuidando dos preparativos finais para a realização da primeira das cinco etapas do certame, que ocorrerá no domingo, 26, nas cidades de Palmas, Araguaína, Gurupi, Araguatins, Arraias e Campos Belos - GO. Nesta cidade, na divisa entre os dois estados, a prova será aplicada no campus da UEG – Universidade Estadual de Goiás.

Um total de 33.516 inscritos concorrem a 300 vagas disponíveis – 270 para o sexo masculino e 30 para o sexo feminino. Deste universo, 24.456 representam o sexo masculino (90,58 candidatos por vaga) e 9.060 representam o sexo feminino  (312 candidatas por vaga). Araguaína e Arraias, por se localizarem em extremos do território tocantinense e terem recebido número considerado de inscritos, têm o maior número de locais de provas. A primeira, com 19, e a segunda, Arraias, com 14, incluindo a Escola Agrícola. Para ter acesso a todos os locais de provas o endereço é o da empresa realizadora do concurso (http://consulplan.net).

As provas desta fase, de caráter intelectual, já foram encaminhadas em embalagens devidamente lacradas para os locais de sua aplicação, e terá duração de cinco horas, horário oficial do Tocantins, com início às 08hs e término às 13hs. A divulgação do gabarito, conforme previsto pela Comissão do Concurso, deve ocorrer no prazo de 48 horas depois da realização da prova.

Com base no edital do concurso público, o candidato deve se dirigir ao local das provas de posse de caneta esferográfica e lápis, não pode conduzir material impresso ou equipamentos eletrônicos, e para esta Prova Escrita Objetiva de Múltipla Escolha e Discursiva ele deve estar no horário previsto para acesso aos portões de entrada. Depois, seguem em etapas definidas as provas de aptidão física, saúde geral (psicológica médico/odontológica) e social.

O Concurso Púbico CFSD 2013 tem o objetivo de selecionar pessoas hábeis para exercer o trabalho policial. Para o presidente da Comissão do Concurso, tenente coronel Jaizon Veras, a expectativa do Governo do Estado foi superada, principalmente diante da demanda no número de inscritos, que “mostra a credibilidade em torno do concurso público e da corporação”. (ATN)