Polí­tica

Durante sessão solene da Câmara Municipal de Palmas, realizada no distrito de Taquaruçu, neste sábado, 1º de junho, foram apresentados 47 requerimentos que propõem o desenvolvimento econômico, social e ambiental da comunidade local.

Negreiros solicitou à Prefeitura de Palmas a implantação de duas lombadas na Praça Joaquim Maracaípe e climatização das salas de aula da Escola Municipal Crispim Alencar. Dentre os requerimentos apresentados pelo vereador Cleiton Cardoso, destacam-se a criação do Programa de Incentivo ao Turismo para o distrito e a regularização fundiária do Setor Santa Fé, em Taquaruçu.

Dos apresentados pelo parlamentar Lúcio Campelo (PR), destacam-se a regulamentação e implantação de calçada entre a Praça Joaquim Maracaípe e a Praça Tarcísio Machado, na Avenida Belo Horizonte, e demarcação das faixas de preservação das margens do Ribeirão Taquaruçuzinho e o córrego Sumidouro.

O vereador Etinho Nordeste sugeriu ao prefeito Carlos Amastha a construção de um posto de saúde, no projeto de assentamento Veredão. O vereador pastor João Campos solicitou a construção de um Espaço Cultural e de um Heliporto em Taquaruçu, enquanto o vereador Joel Borges pediu o aperfeiçoamento de trilhas-guia no ambiente turístico do local e a implantação de projeto de coleta seletiva de lixo.  Jucelino Rodrigues sugeriu ao Executivo a agilização no processo de regularização do loteamento localizado na Fazenda Portal do Roncador, saída para o distrito de Buritirana e contratação de artistas regionais para apresentações culturais durante a realização da feira de artesanato.

Dentre os sete requerimentos apresentados pelo vereador Iratã Abreu (PSD), destacam-se a implantação de uma policlínica e de um Centro de Referência em Ofalmologia, ambos em Taquaruçu. A vereadora Vânia do Aureny III pediu a gratuidade nos ônibus coletivos durante os domingos e feriados e o sinal da TV Anhanguera para o distrito.

Homenagens

Durante a sessão do 8º em que Taquaruçu se torna “Capital por um dia”, algumas personalidades pioneiras local foram homenageadas. Negreiros serviços prestados à comunidade de Taquaruçu por quase 25 anos. O presidente da Câmara homeageou ainda a senhora Maria Moreira Vieira, viúva do senhor Antônio Lei Ramalho, que era sua sogra.

Foram homenageados ainda Joaquim Roberto Alves Maia, a pedido do vereador Joaquim Maia, de quem é filho, e a senhora Zelinda Nunes de Barros, de 94 anos, cuja honraria foi apresentada pelo parlamentar Cleiton Cardoso.

O vereador Marilon Barbosa hogmenageou Roberta Barbosa Castro, de quem é irmão, e Salomão Barbosa Castro, neto de João José de Castro, ambos pioneiros em Taquaruçu. Outra homenagem foi feita pelo vereador Rogério Freitas ao senhor José Pereira, filho de Léo Pereira Araújo.

Prefeito

Em seu discurso, o prefeito Carlos Amastha fez um breve relato dos cinco meses de sua administração, ao destacar que a cidade está mais limpa e organizada. “Vamos realizar uma grande administração de orgulho para os palmenses”, sustentou o prefeito.

Amastha destacou os 120 dias de gestão e o lançamento do pacote cultural. Ele também assumiu o compromisso de fazer de Taquaruçu um ponto de encontro da sociedade palmense e lembrou o Festival Gastronômico do distrito, ao qual foram destinados R$ 400 mil para este ano. O festival está previsto para acontecer no mês de julho.

Em seu pronunciamento, o presidente da Câmara Municipal contou um pouco da sua história desde quando chegou a Taquaruçu, com 18 anos. Negreiros também falou sobre algumas ações que realizou durante o período de 11 dias em que assumiu a Prefeitura de Palmas interinamente.