Polí­cia

Foto: Divulgação

Prestar auxílio ou socorro ao cidadão em situação de risco. Este é um dos objetivos do Serviço Integrado de Operações Policiais (Siop), que articula as ações de órgãos de segurança como Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Defesa Civil, Polícia Técnica Científica e Guarda Metropolitana.

O 190 está disponível à população 24 horas por dia. Só neste ano, mais de 11.500 atendimentos foram registrados em Palmas. Mas o coordenador administrativo do sistema faz o alerta. Conforme informações do Capitão De Souza, o número de trotes é alto e prejudica o socorro a quem realmente precisa.  “Diariamente são cerca de três mil ligações, das quais uma média de 80 a 100 são registradas como ocorrências. Das ocorrências registradas cerca de 25% a 30% são trotes”, ressalta.

O número é considerado alto e bastante danoso no que se refere ao desempenho das equipes de plantão, já que uma ocorrência falsa mobiliza um grande de profissionais desnecessariamente. “O trote é uma situação na qual o cidadão utiliza do nosso serviço e acaba desvirtuando nossa atividade, onde há um alto custo social, pois mobiliza várias instituições em torno de uma brincadeira de mau gosto”, ressalta o capitão.

Crime

Sobre a correta utilização do serviço, o capitão orienta que o 190 seja apenas acionado em casos de real necessidade, ou seja, durante emergências e urgências, evitando assim deslocamentos desnecessários e até a impossibilidade de atender uma situação de perigo real. De Souza destaca ainda que a realização de trote é crime, cuja punição pode ser a detenção.

“A orientação que fica é que o cidadão utilize o 190 somente em casos reais de emergência e urgência. O código penal brasileiro estabelece no artigo 340 uma pena até seis meses de detenção para quem realiza trotes telefônicos com consequências danosas”, acrescenta. Vale frisar que quando o cidadão que pratica tal crime for menor de idade, os pais podem responder criminalmente.

Sobre o Siop

Atualmente a área de abrangência do Siop de Palmas compreende uma população de 300 mil habitantes, abrangendo a Capital e os distritos de Taquaruçu e Buritirana, Aparecida do Rio Negro, Lagoa do Tocantins, Santa Tereza e São Félix do Tocantins.

Araguaína e Gurupi também contam com núcleos do Siop. Inaugurados no ano passado, foram investidos R$ 3 milhões para estruturar o serviço nas regiões norte e sul do Estado. (ATN)

Por: Redação

Tags: Código Penal, Polícia, Polícia Militar, SIOP, Trote