Polí­tica

Foto: Divulgação

O Tocantins tem R$ 63.969.228,00 aguardando para serem liberados para que possam ser utilizados para a Educação nos municípios. Esse é o valor de emendas e indicações da deputada federal Dorinha Seabra Rezende (DEM-TO) junto ao Governo Federal que pode beneficiar 26 cidades tocantinenses com a construção de escolas.

Com o acompanhamento constante do andamento das emendas e indicações, para dar o suporte e respostas às diligências necessários aos gestores municipais, a parlamentar solicitou ao Secretário Executivo do Ministério da Educação, José Henrique Paim, e ao presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), José Carlos Wanderley de Freitas, a priorização na análise e liberação desses recursos para os municípios do Estado.

Professora Dorinha também pediu o empenho de mais R$ 10.029.924,00 para construção de escolas em mais oito municípios, que já têm a aprovação do MEC para a realização das obras. O valor total do recurso é de R$ 73.999.152.

No início da semana, a parlamentar recebeu a confirmação de empenho de recursos para a construção de escolas em seis cidades do Tocantins. Araguaína, Barrolândia, Colméia, Silvanópolis, Jaú do Tocantins e Couto Magalhães deverão receber a verba de mais de R$ 14,6 milhões. Esse empenho é fruto do trabalho de intervenção da equipe da Professora Dorinha junto ao Governo Federal.

Para Araguaína, foi empenhado o valor de R$ 3.534.000,00 para a construção da Escola Araguaína Sul. Barrolândia receberá R$ 1.021.956,00 para a Escola Urbana. Colméia terá R$ 3.534.000,00 para o Centro Educacional Saul Noleto, Silvanópolis receberá R$ 3.534.000,00 para escola na zona urbana, Jaú terá R$ 1.021.956,00 para o Projeto Escola Nova Loteamento Oficial e Couto Magalhães receberá R$ 2.043.912,00 para o Assentamento Bonanza e para escola de ensino fundamental de área urbana. O valor total do empenho é de R$ 14.689.824,00.

Municípios que aguardam os recursos

Abreulândia, Aragominas, Araguaçu, Araguanã, Arapoema, Aurora do TO, Bandeirante do TO, Carmolândia, Colinas, Dueré, Filadélfia, Fortaleza do Tabocão, Goiatins, Juarina, Lizarda, Nova Olinda, Palmas, Pau Dárco, Pedro Afonso, Pequizeiro, Praia Norte, Pindorama, Rio da Conceição, Rio dos Bois, São Félix e Sítio Novo.

Os municípios com autorização para a construção das escolas que aguardam o empenho são: Araguaína, Buriti do TO, Colméia, Filadélfia, Jaú do TO, Nova Olinda, Santa Fé e Praia Norte