Estado

Foto: Divulgação

O secretário de Estado da Secretária da Segurança Pública do Tocantins, Eliu de Andrada Jurubeba, participou nos dias 03 e 04 de junho, 2013, da reunião do Colégio Nacional de Secretários de Segurança Pública, (Consesp), que foi realizada em Belo Horizonte – MG.

No encontro ficou decidido que os secretários de Segurança Pública de todo País levarão ao Congresso Nacional um pedido de aumento de pena e tipificação do crime de explosões a caixas eletrônicos e de maior controle do uso e da circulação de explosivos. Essa foi uma das deliberações da 50ª reunião do Colégio Nacional dos Secretários de Segurança Pública (CONSESP), sediada pela Secretaria de Estado de Defesa Social de Minas Gerais (SEDS) e ocorrida nesta terça-feira (04.06), em Belo Horizonte. Durante o encontro, também foi determinado o envio de uma solicitação ao Ministério da Justiça para que a Polícia Rodoviária Federal reforce a fiscalização nas estradas brasileiras, ativando, por exemplo, postos atualmente sem funcionamento.

O Presidente Secretário do CONSESP e também Secretário de Estado de Defesa Social de Pernambuco, Wilson Salles Damázio, ressaltou, no encontro, que as ações envolvendo a segurança pública devem ocorrer de modo uniforme, associando órgãos das esferas municipal, estadual e federal. “O papel do Colégio é justamente articular e fomentar a integração entre as instituições, chamando a responsabilidade de cada uma delas na prevenção e na repressão à criminalidade”, destaca.

Programação

Enfrentamento ao crime organizado, furto e roubo a agências bancárias, prevenção e repressão ao tráfico de drogas, reforço de segurança em áreas de divisas, inteligência e integração de bancos de dados foram outros temas abordados durante a reunião. Também participaram do evento representantes da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), do Banco do Brasil e da Estratégia Nacional de Segurança Pública nas Fronteiras (ENAFRON). (Ascom SSP)

As reuniões do CONSESP são realizadas, no mínimo, quatro vezes ao ano. Entre as principais competências, destacam-se o apoio e a promoção de estudos e pesquisas sobre assuntos e temas de interessa para a área de Segurança Pública e o desenvolvimento de meios que permitam dinamizar as ações das Secretarias em suas missões institucionais.