Estado

Foto: Divulgação

A Secretaria Estadual da Administração deve pagar nesta quinta-feira, 6, os 733 servidores que ficaram sem salários na última folha de pagamento por problemas no novo sistema que passou a ser utilizado este mês. Alguns servidores tiveram problema no cadastro o que gerou conflito de algumas informações como dados pessoais e bancários. Os pagamentos devem ser feitos até a meia noite de hoje. “Ressalta-se que destes 733 servidores, os correspondentes créditos foram enviados ao banco, entretanto, em razão das divergências já apontadas os depósitos não foram efetivados”, informou a pasta.

Para esta sexta-feira estão previstos mais 247 pagamentos referentes a servidores que receberam valores descontados ou diferentes dos vencimentos.

Conforme o secretário da Administração, Lúcio Mascarenhas com a migração para o novo sistema Ergon já era previsto que ocorressem alguns erros devido à quantidade de dados que foram transferidos.

Veja a íntegra da nota da Secad ao Conexão Tocantins:

No que se refere às questões relativas à troca do sistema de Folha de Pagamento,a Secretaria da Administração tem a informar que apenas 247 servidores deixaram de receber ou receberam valores diferentes. Estes terão seus salários depositados com os valores corretos logo na próxima sexta-feira, 07.

A Secad informa ainda que outros 733 servidores, cujo problema se resumiu ao conflito de informações entre o cadastro/Secad e as informações de conta bancária, CPF ou dígito de agência diferente, receberão seus salários até a meia-noite desta quinta-feira, 06.

Ressalta-se que destes 733 servidores, os correspondentes créditos foram enviados ao banco, entretanto, em razão das divergências já apontadas os depósitos não foram efetivados.

A Secad esclarece que não havia necessidade de alarmar todos os servidores sobre uma possível alteração, que aconteceria em pequena proporção, levando em conta o quantitativo de servidores no Estado. Alem disso, os setoriais de Recursos Humanos foram devidamente informados, pelos secretários das pastas, após reunião com o secretário Lúcio Mascarenhas, de todos os procedimentos a serem tomados no caso de servidores com alterações.

Os técnicos de TI da Secad informam que na transição de dados pode haver este tipo de situação. Mesmo desenvolvendo todos os protocolos para a mudança do sistema, vale ressaltar que houve repetitivos testes para efetuar a transição, e mesmo assim, poderia haver algumas alterações, afinal trata-se da migração de mais de R$ 2 bilhões de registro.

O Governo do Estado do Tocantins sempre pensa em melhorar a qualidade de serviços prestados aos seus servidores, por isso, a modernização do Sistema da Folha de Pagamento é tão importante. Assim sendo, reforçamos que toda mudança é delicada, entretanto quando gera mais conforto e segurança, deve-se minimizar as falhas e otimizar os ganhos.