Polí­tica

Foto: Divulgação

O peemedebista Iderval Silva, que representa a região do Bico do Papagaio, ao contrário dos outros deputados citados pelo secretário Eduardo Siqueira Campos como aliados do governo na Assembleia Legislativa, confirmou que tem uma relação próxima com a gestão e que vota a favor das matérias governistas, segundo ele para ajudar o Estado.

“Sou próximo do governo sim, tenho boa relação com o Eduardo mas isso é com relação á administração, o momento não é de eleição, nem de política. Nós temos que ajudar o Estado. Não vou fazer oposição sem nexo só para satisfazer o ego”, conta.

Iderval elogiou o atendimento do governo aos prefeitos da região. “ O governo tem atendido de diversas maneiras os prefeitos da minha região. Não tem condições de ser contra este tipo de atitude”, reforça. Ele frisa que respeita e segue o PMDB mas que o momento é administrativo e não político. “ Eleição é ano que vem, agora o momento é administrativo”, frisou.O parlamentar mencionou também que suas emendas tem sido atendidas pelo governo.

Ele conta que no próximo ano saberá escolher bem seu candidato mas que não é o momento ainda desta decisão. “ Nós precisamos é ajudar o Estado, não podemos sacrificar os prefeitos nem o Estado”, frisou.

Vilmar do Detran , também do PMDB, Amália Santana (PT) e Wanderlei Barbosa (PEN) encaminharam nota para negar que estariam na base do governo.