Educação

Dez professores do Tocantins foram selecionados pela Embaixada dos Estados Unidos da América - EUA e Comissão Fulbright, para um intercâmbio de seis semanas na St. John’s University, em Nova York. Os profissionais embarcaram nesta quarta-feira, 19, às 5h da manhã.

O Programa de Desenvolvimento Profissional para Professores de Língua Inglesa nos EUA (PDPI) tem como objetivo capacitar professores de língua inglesa da educação básica em efetivo exercício na rede pública de ensino. Professores de todo o Brasil participaram das seleções.

As inscrições foram realizadas através do site da embaixada, e os inscritos fizeram uma prova de proficiência de língua inglesa, o resultado foi divulgado em abril. No Tocantins, 25 professores se inscreveram, nove da rede estadual e um do Instituto Federal foram selecionados. Os profissionais contemplados são dos municípios de Palmas, Colinas do Tocantins, Guaraí, Gurupi e Pedro Afonso.

A professora da rede estadual, Rosana Morales, demonstra entusiasmo com a oportunidade. “É uma resposta da nossa dedicação em sala de aula e do nosso esforço. Estou realizando o sonho de aprimorar a língua inglesa no país nativo, essa experiência será compartilhada em sala de aula e vai enriquecer a minha vida e dos meus alunos”.

Todos tiveram visto expedido pela Embaixada dos EUA no Brasil sem ônus, e foram beneficiados com passagem aérea internacional de ida e volta, ajuda de custo, no valor de U$ 500, seguro saúde, alojamento no campus universitário, alimentação, taxas escolares e materiais didáticos a serem utilizados nos cursos.