Polí­tica

Foto: Divulgação

O jornalista Caco Barcellos participou nesta quinta-feira, 20, da segunda edição do Parlamento Popular realizada em Gurupi ministrando palestra sobre atualidades e falou dos movimentos de reivindicações que estão acontecendo em todo o país. Segundo ele, é um ‘acontecimento’ que merece uma reflexão. Afirmou que este movimento está acontecendo porque a juventude não se sente representada pelos políticos atuais. “Não estão sendo representados pelos políticos que ajudaram a eleger. É uma nova forma de fazer política. O movimento é dos esquecidos”, destacou.

Caco afirmou que os políticos quando dizem que as passagens do Brasil são mais baratas do que de outros países, é uma artimanha. Segundo ele, no Brasil trabalha-se 18 minutos para pagar passagem, enquanto na França um minuto de trabalho já paga o transporte público sem contar a precariedade que os brasileiros são submetidos.

O jornalista falou também da violência no Brasil sendo que o país ocupa o quinto lugar no ranking  mundial de federação mais violenta. “Esse marketing de que o povo brasileiro é feliz e ordeiro não passa da segunda página”, destacou.

“Matamos 45 mil pessoas por ano, se o problema fossem os bandidos seria fácil de resolver eles são responsáveis apenas por 5% dos assassinatos. Quem  são os outros matadores? Por que não falam deles? Quem é este cidadão?” questionou.

Barcellos afirmou que do número de mortes em São Paulo apenas 5,2% dos assassinatos foram cometidos por bandidos, enquanto 19,7% foram assassinados pela Polícia. Segundo ele, no maior Estado brasileiro, a Polícia é quatro vezes mais violenta que os piores bandidos.

Por: Heliana Oliveira

Tags: Caco Barcelos, Gurupi, Parlamento Popular