Polí­tica

Foto: Divulgação

A Associação Tocantinense de Municípios (ATM) realizará um protesto contra o cenário de crise econômica que os municípios têm enfrentado. O protesto que envolve os prefeitos acontece dia 3 de julho, quarta-feira, às 10 horas, na BR-153, no trecho que corta a cidade de Paraíso do Tocantins.

De acordo com o presidente da ATM, prefeito de Almas, Leonardo Sette Cintra (PSDB), são várias as dificuldades por que passam os municípios, entre elas, a divisão injusta do bolo tributário, a defasagem do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e o estrangulamento das políticas públicas, com excesso de obrigações,  vêm inviabilizando a administração pública municipal.

“Os prefeitos têm tentando atender as crescentes demandas dos cidadãos, no entanto, não há como viabilizá-las sem recursos, pois eles continuam concentrados na esfera Federal”, explica o presidente.

Leonardo Cintra enfatiza que o protesto vai mostrar mais uma vez a gravidade da situação insustentável dos 125 municípios tocantinenses que são mantidos pelo FPM e reivindicar providências urgentes por parte do Governo Federal e Congresso Nacional.

Propostas

Durante a manifestação, serão apresentadas propostas ao Governo Federal e a ATM apresentará também, levantamentos que traduzem a precariedade da economia dos municípios. “A situação é tão grave que muitos prefeitos não descartam demissões nos próximos meses em várias localidades”, alertou Leonardo.